Doce Salvador: Agnes Nunes estrela editorial em retorno a Bahia
Vestido e brincos Dolce & Gabbana – Foto: Adriano Damas

Finalmente, o álbum de estreia de Agnes Nunes já está entre nós! A cantora lançou nesta sexta-feira (28.01) o primeiro disco de sua carreira chamado “Menina Mulher“. O fio condutor de seu novo trabalho foi o processo de adultecer, tocando – principalmente – na ideia de sair do status de “menina” para chegar a se tornar uma “mulher“.

Em dezembro do ano passado, a cantora “parabaiana” foi a estrela de um editorial de Bazaar fotografado no Carmo, bairro histórico da cidade de Salvador. Na ocasião, ela deu detalhes exclusivos sobre como seria seu álbum de número 01. “Ele será bem brasileiro e acompanhará minha evolução de menina para mulher. Falará sobre o momento em que olhei para dentro de mim e me entendi nas minhas próprias confusões”, disse a artista de 19 anos em entrevista.

O álbum contém dez faixas, sendo nove delas compostas pela cantora, e foi produzido pela dupla Neobeats e Alexandre Kassin, sendo lançado pelo selo Bagua Records.

A música Papel Crepom chega como o lead single do álbum e fala sobre as fases de vida que Agnes passou, percorrendo a adolescência e, agora, chegando na vida adulta. Essa canção é a única faixa não autoral do disco, sendo uma composição de Túlio Dek.