Foto: Reprodução/IMDB
Foto: Reprodução/IMDB

O grande nome do cinema Alfred Hitchcock (1899-1980) completaria 119 anos nesta segunda-feira (13.08) e, para homenagear o cineasta, a Bazaar indica a exposição “Hitchcock – Bastidores do Suspense”, no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo.

Mas, antes, conheça o trabalho do diretor, produtor e roteirista, que foi considerado um dos principais profissionais da Inglaterra. Indicado cinco vezes pela Academia, Hitchcock possui prêmios como o Globo de Ouro e o Bafta.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM 

Em 1939, o diretor se mudou para os Estados Unidos e, na década de 40, produziu os filme “A Sombra de Uma Dúvida” e “Quando Fala O Coração”. Nos anos 1950 dirigiu “Janela Indiscreta” e “Um Corpo Que Cai”. Em 1960 conseguiu seu maior sucesso com “Psicose”. “Os Pássaros” foi a primeira obra que Alfred Hitchcock dirigiu em parceria com a Universal.

Foto: Reprodução/IMDB
Foto: Reprodução/IMDB

Hitchcock – Bastidores do Suspense 

Com curadoria de André Sturm, cineasta e ex-diretor do MIS, a exposição apresenta um panorama da vida e da obra de Hitchcock, imergindo o visitante em um set de filmagens por meio de uma expografia imersiva e interativa. Itens originais estão presentes na mostra, como uma coleção pessoal de fotos, manuscritos do diretor, storyboards, croquis de figurinos e materiais audiovisuais, como trechos de filmes do início da carreira de Alfred Hitchcock.

Foto: Reprodução/IMDB
Foto: Reprodução/IMDB

MIS: avenida Europa, 158. Jardim Europa, São Paulo
De terça a sábado, das 10h às 20h. Domingo e feriados, das 9h às 18h. A exposição vai até 21 de outubro.
Interira R$12; meia R$6. Crianças até cinco anos não pagam.

Leia mais:
Rossy De Palma é nomeada presidente do Júri do “A Shaded View On A Fashion Film”
Museu do Louvre cria tour inspirado em videoclipe de Beyoncé e Jay-Z 
“Sharp Objects”: nova minissérie da HBO é viciante