A figurinista Colleen Atwood - Foto: reprodução / Harper´s Bazaar
A figurinista Colleen Atwood – Foto: reprodução / Harper´s Bazaar

Por Mariane Morisawa

Ter Colleen Atwood assinando o figurino de seu filme é quase garantia de uma indicação ao Oscar, pelo menos na categoria. A americana de 66 anos, responsável pelas roupas deslumbrantes de Sweeney Todd, de Tim Burton, entre outros, concorre neste ano pela 11ª vez à estatueta, agora por Caminhos da Floresta – venceu três, por Chicago (2002), Memórias de uma Gueixa (2005) e Alice no País das Maravilhas (2010). Desta vez, de novo, Colleen trabalha com o diretor Rob Marshall.

Meryl Streep e James Corden com figurino de Collen Atwood, que deve ganhar sua quarta estatueta com o trabalho - Foto: reprodução / Harper´s Bazaar
Meryl Streep e James Corden com figurino de Collen Atwood, que deve ganhar sua quarta estatueta com o trabalho – Foto: reprodução / Harper´s Bazaar

“O diretor sempre é a razão pela qual quero fazer um filme”, explica ela em entrevista à Bazaar. Na adaptação do musical de Stephen Sondheim e James Lapine, uma Bruxa (Meryl Streep, também indicada ao Oscar, claro) que deseja recuperar sua beleza exige objetos de contos de fada clássicos do Padeiro (James Corden) e sua mulher (Emily Blunt), para, assim, derrubar o feitiço que impede o casal de ter filhos.

A madrasta e suas filhas em Caminhos da Floresta - Foto: reprodução / Harper´s Bazaar
A madrasta e suas filhas em Caminhos da Floresta – Foto: reprodução / Harper´s Bazaar

Na mistura entram Cinderela (Anna Kendrick) e o Príncipe (Chris Pine), Chapeuzinho Vermelho (Lilla Crawford) e o Lobo (Johnny Depp), Rapunzel (Mackenzie Mauzy) e João do Pé de Feijão (Daniel Huttlestone). “Neste caso, temos muitas referências metafóricas, como a floresta, que representa a vida, a transformação e a ideia de que você não está sozinho”, diz Atwood. “Então, as usei para fazer com que cada conto tivesse sua individualidade, e também uma unidade geral.”

A Cinderela interpretada por Anna Kendrick - Foto: reprodução / Harper´s Bazaar
A Cinderela interpretada por Anna Kendrick – Foto: reprodução / Harper´s Bazaar

Para a Bruxa, que vive na floresta faz tempo, Colleen criou um tecido especial, em que cordões de couro foram costurados no chiffon para a roupa ganhar uma textura de madeira velha. A figurinista gosta de usar texturas, porque quase todo filme é rodado digitalmente, hoje. “Por natureza, o digital tende a achatar a cor, então combino texturas para não ficar tão plano.” O maior desafio foi o Lobo, vivido por Johnny Depp. “Ele queria um terno zoot”, relembra, referindo-se aos modelos com cintura alta, pernas longas e paletó com lapelas largas e grandes ombreiras. Ela desenhou uma estampa de pele, usada em detalhes. No fim, o personagem tem um quê da época do swing. Nenhum desafio, entretanto, supera o talento de Colleen Atwood.