Foto: Reprodução/IMDb
Foto: Reprodução/IMDb

Stanley Kubrick foi um dos grandes cineastas que impressionou o público e a crítica com suas obras. Como faleceu em 1999, o americano não conseguiu vivenciar a era com que tanto sonhou. Além de roteiros, efeitos visuais e fotografia, o diretor entendia a importância do figurino e da estética. Por isso, o fashion filme da semana é “Barry Lyndon”, ganhador de quatro estatuetas do Oscar – entre elas o prêmio de melhor figurino, que foi para a dupla Ulla-Britt SöderlundMilena Canonero.

Lançada em 1975, a trama conta a história de Barry Lyndon, um irlandês libertino que conquista o coração de uma viúva rica e assume a posição aristocrática de seu falecido marido na Inglaterra do século 18. Com duração de três horas, a obra é uma lição da história da moda e do design. O comportamento das pessoas daquela época também é ressaltado, como uma crítica à sociedade.

O rococó era o estilo dominante na época. Antecipando a era vitoriana, as peças de roupas eram extremamente trabalhada nos detalhes e priorizava o excesso. Laços, babados, bordados, rendas e volumes eram as características das roupas femininos. Perucas – tanto para os homens, quanto para as mulheres – era sinônimo de elegância e riqueza. O “over” tomava conta dos fashionistas, onde o bordão “menos é mais” ainda não tinha sido pensado.

Um filme cult, de um dos melhores profissionais da indústria, que merece a atenção dos fashionistas que querem apurar o senso crítico estético. Must-see!

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Foto: Reprodução/IMDb
Foto: Reprodução/IMDb
Foto: Reprodução/IMDb
Foto: Reprodução/IMDb
Foto: Reprodução/IMDb
Foto: Reprodução/IMDb
Foto: Reprodução/IMDb
Foto: Reprodução/IMDb

Leia mais:
Tarantino: as seis obras fashionistas do diretor americano
“Maria Antonieta” é a obra-prima de Sofia Coppola
Gary Oldman: 10 filmes do inglês para assistir
“The Dressmaker” fala sobre uma vingança fashionista
“Bonequinha de Luxo” é um sonho fashionista
“Cinderela em Paris” é um must para os amantes da moda
“Trama Fantasma” tem Daniel Day-Lewis como renomado costureiro