The XX - Foto: Reprodução Bazaar Janeiro 2015
The XX – Foto: Reprodução Bazaar Janeiro 2015

Por Lúcio Ribeiro

O editor de cultura da Bazaar, Lúcio Ribeiro, aponta as grandes novidades da música e literatura. Confira a lista do que você não pode perder em 2015:

The XX Em algum momento deste ano, mantido em segredo, a cultuada banda inglesa vai soltar seu terceiro álbum, em fase de edição, ainda sem nome e sem pistas. Integrantes da banda sugerem mudanças no som, mas vai saber… O disco foi gravado todo em um estúdio em Marfa, no Texas, cidadezinha desértica tão linda quanto esquisita na fronteira com o México. Fique com essa imagem e sinta o clima: isso já transmite o que vai ser o próximo XX.

Radiohead O nono disco da superbanda indie, liderada pelo doidinho Thom Yorke, vem para abalar a música pop em junho. O quarteto está trancado desde setembro ensaiando e tocando várias músicas novas para decidir qual lado o Radiohead vai seguir. O grande enigma, como sempre, é como vai ser a estratégia de lançamento. Nada nunca é tão simples, em se tratando de um álbum novo do Radiohead.

Aldo Uma das novas bandas brasileiras mais empolgantes – seja olhando o lado roqueiro ou prestando atenção na engenharia eletrônica –, o grupo dos irmãos Faria lança o segundo disco agora em fevereiro, logo após apresentar um vídeo em que ambos estarão na Lua. Do que já se ouviu de canções novas, o disco promete ser melhor que o de estreia, o ótimo Is Love, se é que é possível.

Aldo - Foto: Reprodução Bazaar Janeiro 2015
Aldo – Foto: Reprodução Bazaar Janeiro 2015

All The Light We Cannot See, Anthony Doeer Ainda sem título em português, o livro (Simon & Schuster, R$ 49,78) narra a amizade entre uma menina francesa cega e um garoto alemão que tentam sobreviver na Europa devastada pela Segunda Guerra. Esteve na lista de melhores do ano do The New York Times. A edição brasileira será lançada pela Intrínseca no primeiro semestre.

The First Bad Man: A Novel, Miranda July July é cineasta, atriz, performer e escritora. E o tipo de artista que é cultuada, mesmo que queira sair da esfera indie. Defensora dos personagens desajustados, em seu primeiro romance ela conta a história de Cheryl, mulher cheia de manias que vê a vida se transformar quando a filha de 21 anos de seu chefe passa a morar com ela. Lançamento nos EUA em janeiro (Canangote Books, US$ 17,14).

Chlöe Sevigny, Chlöe Sevigny Não parece, mas a atriz e ícone da moda Chloë Sevigny está na cena há 30 anos. Desde os anos 1990, quando estrelou o polêmico filme Kids e apareceu em um vídeo do Sonic Youth, ela não parou mais. Passou do underground ao mainstream, sem perder o ar blasé de quem não está nem aí para o mundo. O livro de fotos (Rizzolli, US$ 35; prefácio de Kim Gordon) mostra toda a evolução no estilo de Sevigny, desde sua adolescência no skate, passando pelo tapete vermelho e editoriais fashion, até entrar de vez para o mundo da moda como designer. Uma preciosidade sem data de lançamento no Brasil. Será publicado em abril deste ano nos EUA.

Champagne Supernovas, Maureen Callahan Só pelo título tirado de um dos hinos da banda inglesa Oasis, este aguardado livro já ganha o selo cool. Uma biografia merecida de três grandes mitos dos anos 90: a modelo Kate Moss e os estilistas Alexander McQueen e Marc Jacobs, responsáveis por reinventar a moda na década. Dizem que talvez não traga novidades para insiders fashion, mas é diversão. Lançamento aqui pela Fábrica231 (R$ 86,60) também no primeiro semestre.

Champagne Supernovas - Foto: Reprodução Bazaar Janeiro 2015
Champagne Supernovas – Foto: Reprodução Bazaar Janeiro 2015