Uma das obras da jovem artista Ingrid Bittar - Foto: reprodução/Bazaar Art
Uma das obras da jovem artista Ingrid Bittar – Foto: reprodução/Bazaar Art

No animado cordão da arte carioca! Em busca de talentos nascidos pós internet, Hans Ulrich Obrist esteve no Rio para descobrir, in loco, o que os jovens artistas brasileiros estão aprontando. Entre suas descobertas, as obras da jovem artista Ingrid Bittar, que utiliza revistas antigas em um processo manual de colagem.

Outra obra da artista carioca - Foto: reprodução/Bazaar Art
Outra obra da artista carioca – Foto: reprodução/Bazaar Art

No caso de Ingrid, corte e colagem são desenvolvidos de maneira analógica, a partir de referências puramente literárias. Apesar disso, o posicionamento da artista foi construído como uma marca e é difundido pela internet. Esta reportagem de Denise Schnyder e muito mais você confere na nova edição da Bazaar Art, que está nas bancas!