Bill Cunningham: livro traz cinco décadas de sua fotografia

"On The Street" é lançado nesta terça-feira

by Beatriz Poletto
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Bill Cunningham, conhecido como o pai do street style, morreu em junho de 2016 aos 87 anos. Figura importante da cena nova-iorquina da moda, o fotógrafo fez história com seu trabalho. Nesta terça-feira (3.09) é lançado o livro “On The Street”, que traz cinco décadas de sua fotografia icônica.

O nome “On The Street” era a coluna semanal que Bill tinha no The New York Times. De fotos ocasionais do street style até eventos de socialites, tornou a publicação extremamente popular e bem vista. Ele tinha o dom do olhar fashionista e via as tendências antes que todo o mundo. Bill também amava fotografar as passarelas, mas era no cimento cinzento da cidade de Nova York que ele via a arte.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

“A semana de moda é na rua, sempre foi e sempre será”, diz Bill Cunningham no documentário de sua vida e trabalho, dirigido por Richard Press.

Ele nasceu em Boston, Massachusetts, e começou a estudar na universidade de Harvard. Mas o fotógrafo desistiu dos estudos para se mudar para Nova York, com o intuito de trabalhar na área da publicidade. Na época, Bill até criou sua própria label, a William J., que vendia chapéus.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

E Bill Cunningham possui um currículo fora da moda: ele foi fotógrafo do exército americano na guerra da Coreia. Quando retornou, começou a escrever para o Chicago Tribune, como jornalista de moda. Nesta mesma época, ele começou a escrever para o “Women’s Wear Daily”, fotografando pessoas comuns na rua com um estilo que julgava interessante. Em 1978, o “The New York Times” começou a publicar seu trabalho, que incluíam fotos de personalidades como Greta GarboCornelius Vanderbilt Whitney. Isso foi um marco para o jornal e para a moda: o veículo publicava fotos dos nova-iroquinos – modelos, atrizes e socialites – sem a permissão dos mesmos. “On The Street” era um catálogo das pessoas mais bem vestidas e interessantes da cidade.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Bill caminhava por Nova York e entendia a cidade como ninguém. E, em Paris, o fotógrafo também capturava a essência da Cidade Luz. Ser fotografado por ele era um must. Ele vivia em sua casa rodeado por seu trabalho, e não tinha televisão.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Leia mais:
Bill Cunningham, lendário fotógrafo de street style, morre aos 87 anos
Museu no Brooklyn apresenta exposição sobre Pierre Cardin
Cinco motivos para assistir “Euphoria” 
“Fosse/Verdon”: série conta história de dois ícones da dança