Duas imagens panorâmicas do Complexo do Alemão - Foto: Bob Wolfenson/divulgação
Duas imagens panorâmicas do Complexo do Alemão – Foto: Bob Wolfenson/divulgação

Fotografo queridíssimo da Bazaar, Bob Wolenson apresenta na ArtRio seu Deu Na Telha – Olhares, uma série de fotos aéreas que focam obras de arte desenhadas nos telhados de casas do Complexo do Alemão. Compondo a série, retratos dos 15 moradores que participaram da produção e realização do projeto. “Ao subir no teleférico confesso que fui imediatamente impactado com o tamanho daquele lugar e a quantidade de pessoas que viviam ali”, conta Wolfenson sobre a visita que  fez à comunidade  “Achei que fotografar somente as obras seria um trabalho descritivo sobre algo já pronto”, completa sobre a iniciativa de focar também os moradores do local.

A estudante Thais e o fotógrafo Alexandre, dois retratos que compõe a obra “Deu Na Telha – Olhares” - Fotos: Bob Wolfenson/divulgação
A estudante Thais e o fotógrafo Alexandre, dois retratos que compõe a obra “Deu Na Telha – Olhares” – Fotos: Bob Wolfenson/divulgação

Para mostrar a importância do projeto, o fotógrafo, juntamente com a Kibon, criou um espaço na varanda do Armazém 4 do Pier Mauá. “Na face externa estão as panorâmicas, fotos que mostram o Complexo do Alemão e as obras do Deu na Telha. Na parte interna estão os retratos dos participantes do projeto. São duas faces de um mesmo local, um percurso do exterior para o interior, para as pessoas da comunidade que, junto com os artistas, deram vida ao projeto”, conclui Wolfenson.