Foto: Divulgação

Diante de um personagem sempre ocupadíssimo em seus múltiplos afazeres e projetos, quem poderia imaginar que Roberto Burle Marx (1909-1994) ainda encontrasse tempo para escrever cartas?

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

“Folhas em Movimento – Cartas de Burle Marx”, livro publicado pela editora Luste, apresenta – pela primeira vez – uma seleta da correspondência escrita por Burle Marx e endereçada desde a seus familiares até nomes reconhecidos da cena internacional – caso de Walter Gropius, Richard Neutra, Eero e Aline Saarinen, Thomas Church, Garrett Eckbo, Lawrence Halprin, Diego Cisneros, entre outros.

Foto: Divulgação

São 100 cartas, fartamente ilustradas, que possibilitam um novo olhar sobre a trajetória de Burle Marx, revelando informações pouco conhecidas, por exemplo, sobre as propostas paisagísticas, as excursões botânicas, o engajamento na defesa ambiental, o antigo Sítio Santo Antônio da Bica, a produção pictórica. Papéis que incluem também uma crônica da vida cotidiana no Brasil e no mundo e, por isso, certamente despertarão amplo interesse entre os especialistas e o grande público que busca conhecer como operava a mente e o coração de um grande personagem do século 20.

Foto: Divulgação

Burle Marx foi autor de mais de 2.000 projetos de paisagismo, distribuídos pelo Brasil e exterior. Foi responsável por um número ainda maior de obras de artes visuais. Concebeu um elenco nada desprezível de joias, cenários e figurinos de teatro, estampas em tecidos. E, como nenhum outro paisagista de seu tempo, promoveu uma relevante série de expedições botânicas para estudo e coleta de novas espécies nos biomas brasileiros.

Foto: Divulgação

“Folhas em Movimento – Cartas de Burle Marx”
Organização: Guilherme Mazza Dourado.
Direção criativa: Dora Levy e Leticia Moura.
Páginas: 432.
Capa: dura.
R$ 98
www.lusteditores.com.br

Brunch de lançamento
Local: Luciana Brito Galeria – Av. Nove de Julho 5.162, Jardim Europa, SP.
Sábado, 25 de junho, das 11h ás 15h.