Livia de Bueno - Foto: Priscila Jammal
Livia de Bueno – Foto: Priscila Jammal

A energia que chega do mar acalma a alma de Lívia de Bueno. Ela também transita com seu corpo esguio e cabelos loiros pelos hot spots do Rio de Janeiro, como noitadas no Circo Voador e café da manhã no Instituto Moreira Salles. No entanto, faz tudo em seu ritmo próprio, ditado por yoga, escapadas anuais para retiros e terapias das mais variadas. Aos 34 anos, muitos deles dedicados à carreira de atriz, Lívia cuida do corpo e do espírito com a mesma intensidade. “Tenho uma rotina matinal que envolve ayurveda e alimentação vegetariana com suplementos prescritos”, conta. Recentemente pausou as atividades nos palcos e na televisão para se aventurar por searas mais elevadas. Essas incursões resultaram num projeto que envolve autoconhecimento e espiritualidade.

Pelo caminho, Lívia juntou uma turma boa, formada por mais quatro mulheres urbanas, de cabeça moderna, assim como a dela: Raquel Alvarez, estilista da Wymann; a atriz Bianca Joy; Juliana Luna, artista e ativista; e Layana Thomaz, à frente da marca Negoçada. Batizado de FLOW Das Cinco, o grupo promove rodadas de bate-papo sobre os mais variados temas, conectados pelo viés da espiritualidade. Há ainda o piloto de uma série homônima. “Falamos sobre sexualidade, moda, arte, alimentação, beleza. Tudo o que interessa a quem busca evolução na vida urbana”, explica.

Da esq. para dir., Juliana Luna, Raquel Alvarez, Livia de Bueno, Bianca Joy e Layana Thomaz
Da esq. para dir., Juliana Luna, Raquel Alvarez, Livia de Bueno, Bianca Joy e Layana Thomaz – Foto: Priscila Jammal

Virginiana com ascendente em Peixes, “disciplinada com loucura”, como brinca, Lívia tem formação em Jornalismo, mas nunca seguiu na área. Aos 15, trabalhou como modelo, profissão que durou cinco anos. Sua formação se deu nos salões da Oficina de Atores da Globo, logo após o primeiro teste para uma novela, a pedido de sua agente. O début aconteceu na novela teen Malhação, famosa porta de entrada para quem deseja uma carreira na televisão. “Mas só me senti atriz mesmo depois que coloquei os pés no palco. Minha primeira peça profissional foi indicada ao prêmio Shell do Rio. Depois, não parei mais”, diz. No currículo, destacam-se o papel de Laura no longa Paraísos Artificiais, a personagem Elizabeth no premiado filme BR176, de Domingos Oliveira, e a protagonista da série Oscar Freire 279. Também já contracenou com Fernanda Montenegro, como sua neta na novela Saramandaia (2013), da Rede Globo.

Os primeiros esboços do FLOW Das Cinco surgiram como um insight, que aconteceu bem no meio de um retiro de meditação vipassana. “Nos dez dias em que fiquei em silêncio, entendi, claramente, que minha função é a de comunicar”, diz. “Meses depois, em comentários de uma foto no meu Instagram, pensei em fazer um grupo de estudos sobre temas relacionados ao que eu postava: espiritualidade, bem-estar, astrologia, ayurveda etc. Dentre outras interessadas, estavam as futuras parceiras. Só que ainda não sabia.” Bastaram 24 horas para compreender melhor como se daria seu FLOW, durante a sessão de meditação que pratica todas as manhãs. A ideia original era criar uma webserie, com disposição semelhante ao Saia Justa, programa que serviu de inspiração.

A simbiose entre as integrantes foi instantânea. “Algumas pessoas me aconselharam a diminuir o número, mas confiei no insight. Vi a imagem de nós cinco, senti esse equilíbrio”, completa. O grupo se lançou oficialmente no final de fevereiro, e o primeiro encontro foi promovido no Dia Internacional da Mulher, em 8 de março. A conversa aconteceu na Casa Ipanema, com mediação de Lívia a partir da temática “celebre sua força feminina”. Enquanto correm negociações e ofertas para as próximas rodadas de bate-papo, elas abastecem uma playlist no Spotify. “Se algo novo surgir, e tiver a ver com o nosso propósito, podemos abraçar.”

“Ser comunicadora é poder ser eu mesma. Quanto mais transparente for, mais potente fica. É muito libertador”, compara. “Sei que as coisas são impermanentes. Assim como tudo que existe, somos um organismo vivo. Espero que a vida do projeto seja longa, mas quem vai dizer são as circunstâncias.” O discurso tem boa vibe. Mas, de olho no futuro, ela mostra que é determinada. E nós acompanhamos o flow.

FLOW DAS CINCO – Propósito na Vida Urbana
La Estampa
Rua Epitácio Pessoa, 1210 – Lagoa, Rio de Janeiro
Dia 29 de maio – 19h30
Evento sujeito a lotação da casa