Foto: Vivían Sotocórno/Harper's Bazaar
Foto: Vivían Sotocórno/Harper’s Bazaar

Por Vivían Sotocórno

Conrado Segreto, um dos estilistas brasileiros mais promissores da década de 80, ganha finalmente sua primeira exposição, 20 anos após sua morte. A mostra acontece durante o Paraná Business Collection, em Curitiba (PR), principal evento de moda do Sul do Brasil. “Os desfiles de Conrado eram sempre grandiosos, disputados pela elite brasileira, afinal, ele era um jovem talentoso, criativo, ousado e bastante moderno”, escreveu Tufi Duek no prefácio do livro sobre o estilista, Conrado Segreto – Moda e Paixão, lançado durante o evento.

Foto: Vivían Sotocórno/Harper's Bazaar
Foto: Vivían Sotocórno/Harper’s Bazaar

Conrado foi vítima do HIV e morreu precocemente aos 32 anos. Paulistano de nascimento e aluno da francesa Marie Rucki, do Studio Berçot-Rucki, o estilista ficou famoso pelas criações luxuosas, que vestiam a elite paulistana. “Conrado via a moda de maneira mais exclusiva, para poucos. (…) Ele via as marcas de sucesso da época, como Forum e Zoomp, simplesmente como moda para massas. Lembro-me de uma entrevista em que ele perguntava, indignado, como todo mundo queria usar uma calça jeans com um ‘F’ na bunda?”, diverte-se Tufi.