Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Por Paula Jacob

Metade espanhol, metade chileno, o diretor Alejandro Amenábar, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2005 por Mar Adentro, é um dos destaques dos lançamentos mundiais de 2015. Com o longa Regression, protagonizado por Emma Watson e Ethan Hawke, Alejandro revive os tempos de Os Outros, com um suspense denso, inquietante e quase sobrenatural.

A trama se passa em Minnesota, nos Estados Unidos, no início da década de 1990, quando o detetive Bruce Kenner (Ethan Hawke) se envolve com o caso da jovem Angela Gray (Emma Watson), que acusa seu próprio pai, John Gray (David Dencik), de um assassinato horrível. Sem antecedentes criminais ou qualquer memória do ato, John surpreendentemente confessa culpado.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

“Elas estão reprimidas. As memórias estão obviamente lá, atrás de algumas portas. Não é tão fácil encontrar a chave delas para liberá-las, provocando uma regressão.” Fala do personagem de David Thewlis, que contracenou com Emma na franquia de Harry Potter, o psiquiatra Dr. Raines, quem ajuda Bruce nas investigações.

O jogo de personagens, suas memórias, percepções e conhecimentos sobre o assunto, que aparentemente parece ser algo fora do comum e muito maior do que o imaginado, é o ponto interessante do longa. Ainda mais quando o assassino confessa o crime, sem nem se lembrar de tê-lo feito.

Sem data confirmada de estréia no Brasil, o filme chega às telas americanas no dia 28 de agosto. Assista abaixo ao trailer oficial: