Fotografia de Dalí com seu famoso bigode. Expo tem-que-ver! - Foto: divulgação
Fotografia de Dalí com seu famoso bigode. Expo tem-que-ver! – Foto: divulgação

Será preciso enfrentar filas para visitar a exposição Salvador Dali no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, que começa neste sábado (17.10). Isso porque a exposição bateu recorde de público (quase 1 milhão de visitantes) entre todas as exposições que o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) do Rio de Janeiro promoveu nos seus 25 anos de existência.

O número de pessoas que viu a mostra é superior ao registro das exposições de Dalí realizadas no ano passado no Museu Reina Sofía de Madri (732 mil pessoas) e Centro Georges Pompidou de Paris (790 mil pessoas).

A expo, uma retrospectiva das principais obras do artista surrealista organizada em ordem cronológica, traz desde os primeiros trabalhos, na década de 1920, até as últimas pinturas dos anos 1980. Dalí parou de produzir em 1983 e morreu seis anos depois, aos 84 anos.

Ao todo são 200 obras, entre elas 29 pinturas, 80 desenhos e gravuras, filmes, documentários, fotografias e até uma réplica da instalação Mae West Room, produzida em 1938 para o colecionador Edward James. Must visit!

Salvador Dali @ Instituto Tomie Ohtake
Rua Coropés, 88, tel. 0XX11 2245-1900, de terça-feira a domingo, das 11h às 20h
Diariamente, serão distribuídas senhas para visita à exposição. As senhas, que terão validade apenas para o dia em que forem retiradas, serão divididas em três horários de visitação: 11h, 14h e 17h. A distribuição será feita na entrada do Instituto Tomie Ohtake, das 10h às 18h, ou até acabarem.