Foto: Reprodução/IMDb
Foto: Reprodução/IMDb

“Sempre digo que a moda acabou. Não é mais moda. E acho isso uma coisa boa,” diz Dries Van Noten sobre sua percepção do universo fashion. O estilista se refere às tendências e febres momentâneas. E, como tudo é um ciclo, é necessário que algo desapareça para dar lugar ao novo. E ainda, o belga comenta: “Não quero chocar as pessoas, mas sim provocar”. Por isso, o fashion filme da semana é “Dries”.

Dirigido por Reiner Holzemer e lançado em 2017, o documentário explora a paixão e o talento que fizeram de Dries Van Noten um dos estilistas mais destacados do mundo. Como um retrato intimista do designer, a trama oferece uma pincelada dentro da vida pessoal, da mente e do coração criativo do mestre da alfaiataria. Por mais de 25 anos o belga vem se consolidando no mundo na moda, com elegância.

O diretor Holzemer acompanhou Dries por um ano e foi testemunha da criação de quatro coleções. Foram inúmeros sentimentos, inúmeras peças de roupa criadas e quatro desfiles. Entender a arte do trabalho de um diretor criativo é um desafio, que torna o documentário ainda mais intrigante. Must-see!

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM 

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Leia mais:
Audrey Hepburn: três filmes fashionistas da atriz belga
“Acossado”: filme faz da moda personagem principal
Wes Anderson: diretor americano é mestre em estética e roteiro
Estilo: Akimoto Kozue é mestre em street style
Estilo: Anjelica Huston é a musa eterna da indústria fashion
Adrien Brody: 10 filmes do ator americano para assistir
“Barry Lyndon” é o fashion filme de Stanley Kubrick