Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Por Paula Jacob

Um dos artistas mais irônicos, inteligentes, transgressores e “politicamente incorreto” — apenas por nos fazer questionar o que é dito como “correto” hoje em dia — acaba de inaugurar um parque temático. Mas não pense que Banksy fez uma Euro Disney 2 no Reino Unido.

A exposição Dismaland, localizada no Weston-Super-Mare, conta com 10 obras do inglês e cerca de 50 colaborações de outros artistas para o espaço, incluindo Damien Hirst, Bäst, Espo, Mike Ross, Josh Keyes, Polly Morgan e Bill Barminski. Com ares pós-apocalípticos, as esculturas, desenhos e instalações questionam o consumismo, o capitalismo e as banalidades da rotina de uma vida contemporânea. “Se você procura por uma alternativa para a saída em família ou apenas um passeio mais barato para se divertir, aqui é o seu lugar”, diz a descrição do local. “Um novo mundo caótico, onde você pode escapar do escapismo sem fundamento.”

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os questionamentos dos artistas envolvidos não param nas obras e se estendem por toda a experiência no parque, incluindo os funcionários, que fazem o tipo não-converso-não-vou-te-ajudar-se-vire.

Entre curta-metragens, arte e shows de Massive Attack e Pussy Riot, que acontecem no dia 25 de setembro, a Dismaland está aberta ao público do dia 22 de agosto ao dia 27 de setembro. Se tiver a sorte de estar em terras britânicas, não deixe de visitar. Confira na nossa galeria algumas das obras expostas: