Pintura da série CAA40 - Foto: Edouard Fraipont
Pintura da série CAA40 – Foto: Edouard Fraipont

Após realizar individuais em Zurique, Suíça, e Nova York, em 2017, Caetano de Almeida retorna ao Brasil em sua nova exposição, no Rio de Janeiro, cidade que sediou a primeira mostra de sua carreira.

Coelho (2018) - Foto: Edouard Fraipont
Coelho (2018) – Foto: Edouard Fraipont

Agora, na Cassia Bomeny Galeria, ele reúne um conjunto recente de 22 pinturas sobre tela e papel, algumas delas inéditas. Todas são fruto das pesquisas do artista sobre tramas e padrões, feitas com aquarela, pigmento e tinta acrílica.

Desscanso (2018) - Foto: Edouard Fraipont
Desscanso (2018) – Foto: Edouard Fraipont

Vale destaque para as séries Física e CAA40, em que os suportes também foram furados ou apresentam relevos junto com os desenhos. Como complemento, o artista também produziu duas obras em que utilizou brasa para queimar o papel, intituladas 5 Maços e 2 Maços. “Elas são uma leitura melancólica, talvez poética, dos furos”, disse Caetano de Almeida.

Obra de Caetano de Almeida - Foto: Edouard Fraipont
Obra de Caetano de Almeida – Foto: Edouard Fraipont

“Cada pintura tem uma poética. Algumas dialogam com a cor e outras tratam diretamente da trama e do ato da pintura. Os ‘furos’ estão sempre presentes. As ausências são sempre presentes. A abordagem desse assunto vem de diversas formas, como devaneios matemáticos, impressões afetivas de viagens, etc”, completa o artista.

Física 4 - Foto: Edouard Fraipont
Física 4 – Foto: Edouard Fraipont

Caetano de Almeida
Cassia Bomeny Galeria
Rua Garcia D`Avila, 196, Ipanema, Rio de Janeiro
De 9 de maio a 30 de junho