A mostra com tema intergalático estreia no Planetário do Rio de Janeiro - Foto: Divulgação
A mostra com tema intergalático estreia no Planetário do Rio de Janeiro – Foto: Divulgação
O curador Danniel Rangel e a Mega Cultural Produções, em parceria com The Box Los Angeles e com a SKY, trazem pela primeira vez ao Brasil a montagem Cine Dreams: Future Cinema of the Mind, pensada especialmente para exibições em planetários. O projeto é do cinegrafista experimental Stan VanDerBeek, considerado pioneiro da videoarte e um dos artista mais importantes do mundo atuando nessa mídia. O projeto consiste na exibição simultânea de 41 filmes multimídia na cúpula do planetário, simulando uma noite de sono, que inclui pesadelos, imagens abstratas e período de R.E.M — padrão do sono profundo. O resultado é um espetáculo que busca relacionar as imagens ao cinema da mente, como “filmes mentais”, como afirma o artista.
Uma particularidade é que os filmes que compõe o Cine Dreams foram produzidos entre 1966 e 1971, através de um programa de computador desenvolvido pelo físico Ken Knowlton. Por isso, VanDerBeek é apontado como precursor no uso da computação para criar obras de arte, antecipando experiências multissensoriais, interatividade e novas mídias que viriam nas décadas seguintes a ganhar largo espaço no universo das artes.  A Bazaar Art já esta no Rio para a ArtRio e  acompanha a abertura da exposição. Nos próximos dias publicamos mais novidades a respeito!
Serviço:
Data: De 9 a 13 de setembro – aberto ao público
ENTRADA GRATUITA
Horário: Exibição das 19h30 às 23h30 – sem intervalo. Será permitida a entrada na sala de exibição após o início do filme.
Local: Fundação Planetário
TRANSPORTE GRÁTIS
Para as exibições de Cine Dreams: Future Cinema of the Mind no Planetário do Rio de Janeiro, os visitantes da ArtRio terão disponíveis dois ônibus gratuitos por dia saindo do Píer Mauá às 18h30 e às 20h30.