Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (22.04), Jack Nicholson está completando 83 anos. O ator, cineasta, produto e roteirista norte-americano já foi considerado um dos melhores atores da história do cinema por diversos veículos e críticos especializados no assunto.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Para comemorar seu aniversário, relembre três produções que renderam a estatueta do Oscar a Nicholson:

“Um Estranho no Ninho” (1975)

Considerado um dos melhores filmes da história do cinema norte-americano, este drama rendeu o primeiro Oscar de Jack Nicholson, na categoria “Melhor Ator” em 1976 – além de ter levado a estatueta por melhor filme, atriz, direção e roteiro adaptado.

O filme conta a história de Randall McMurphy (Nicholson), um criminoso que finge ter problemas psicológicos para ir para um hospital psiquiátrico e escapar dos trabalhos forçados na prisão. Em seu novo ambiente de cárcere, ele passa a influenciar outros internos e a sofrer com a sádica enfermeira Mildred Ratched (Louise Fletcher). Com forte poder persuasivo, McMurphy instaura uma reviravolta na clínica, não sabendo ele o que isto pode lhe custar.

“Melhor é Impossível” (1997)

Nesta comédia romântica, Jack Nicholson interpreta Melvin Udall, um escritor de sucesso que sobre de transtorno obssessivo compulsivo (TOC) e que se isola em seu apartamento em Manhattan. O personagem acaba se interessando pela garçonete Carol Connelly (Helen Hunt) e, depois de seu vizinho ser internado em um hospital depois de um assalto, é forçado a cuidar de seu cachorro e cria uma nova amizade.

Helen Hunt também levou uma estatueta do Oscar para casa e o filme foi indicado nas categorias “Melhor Filme”, “Melhor Ator Coadjuvante”, “Melhor Roteiro Original”, “Melhor Trilha Sonora” e “Melhor Edição”.

“Laços de Ternura” (1983)

A comédia dramática baseada no romance de Larry McMurtry relata a história de três décadas de relacionamento conflituoso entre uma mãe viúva e sua filha. Porém, tudo muda quando a filha descobre que está com câncer e, ao mesmo tempo, que foi traída pelo seu marido. Já a mãe passa a se interessar por um vizinho, ex-astronauta e paquerador.

O filme levou quatro estatuetas do Oscar – incluindo a de “Melhor Ator Coadjuvante” de Jack Nicholson – e foi indicada em outras seis categorias.