Foto: Reprodução/Instagram/@vitorinocampos

Por André Aloi, Patricia Carta e Thiago Batista

Vitorino Campos segue a lista de convidados do projeto Círculo Bazaar e RG – idealizado pelo diretor criativo Thiago Batista com a publisher da Carta Editorial, Patricia Carta. O designer baiano traz aqui algumas de suas ideias e imagens que refletem diferentes pilares da sua sensibilidade e criação, além da moda.

“Meu trabalho é uma investigação entre estudos tridimensionais, utilizando a intuição como ferramenta”, explica ele, que em um passado recente esteve à frente da Animale Brasil. “O tempo e a inquietação andam juntos nesse processo, resultando em linhas, formas e experiências que conectam a alma humana à sutil beleza da proporção.”

Baixe agora!

A iniciativa busca fomentar talentos das áreas de moda, beleza, lifestyle, wellness, arte e design por meio de curadoria de nomes importantes de cada área. Abaixo, você conhece um pouco do universo criativo de Batista. BAIXE AQUI (Botão direito do mouse + salvar link como) o zine em formato pdf para compartilhar pelos seus apps de mensagem instantânea, como WhatsApp e Telegram.

Vitorino

Vitorino Campos lançou sua marca em 2008, oferecendo novas formas de criar. Premiado pela imprensa e crítica especializada, o estilista baiano estreou no line-up da São Paulo Fashion Week em 2012, que resultaram em parcerias com grandes marcas, como Melissa, Breton, Chilli Beans, Apple, Coca-Cola e Mercedes Benz.

Seu universo tem como base música, cinema, fotografia e comportamento. Por cinco anos (entre 2014 e 2019) atuou como diretor criativo da Animale Brasil e, desde o ano passado, reforça o time do Senac Rio de Janeiro como embaixador de moda. Além da roupa, suas criações refletem diferentes pilares, que vão além da moda: inovação, imagem, tecnologia e cultura.

Círculo Bazaar e RG

O projeto é um convite para que novos talentos participem e ampliem o círculo criativo da indústria nacional. Os curadores compartilham seu trabalho, lifestyle e inspirações. O desafio é trazer à tona novos nomes como forma de renovar e reestruturar o mercado criativo. Estes círculos envolvem curadores indicados, cujas referências estarão disponíveis nos sites de Bazaar e RG, além do Instagram de cada publicação.