Potyguara Bardo - Foto: Divulgação
Potyguara Bardo – Foto: Mateus Monteiro/Divulgação

Expoente da cena musical do RN, a cantora Potyguara Bardo se descobriu drag queen após uma experiência psicodélica, em 2015 – vem daí sua estética mística e do Além. Largou a faculdade de T.I. na Universidade Federal para se montar. Lançou o álbum “Simulacre” (2018) e agora produz o projeto “Comédia Romântica”.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Com pé no forró, axé e regionalismo, traz três músicas inéditas, que serão produzidas por Mateus Tinoco e pelo guitarrista Dante Augusto. O projeto tem ainda uma collab com Boss in Drama (codinome do produtor Péricles Martins). Ela também aparece em um feat. (ao lado de Kaya Conky) de uma faixa do CyberKillz, que promete ser hit do carnaval.

Veja outras dicas do nosso Radar 2020:

DUDA BEAT
Lançará novo álbum produzido por Lux & Troia no segundo trimestre. Também são aguardados lançamentos de Baco Exu do Blues, Emicida, Iza, Malia e Majur.

ELZA SOARES
Vai gravar o DVD “Planeta Fome”, com participações especiais e faixa inédita, em um cartão-postal do Rio.

MARCUS PRETO
Está por trás do disco Axé, de Márcia Castro, com previsão para março. Ele ainda comanda o segundo voo solo de Paulo Miklos e o novo projeto de Gal Costa.

PABLLO VITTAR
Lança, até abril, o disco completo “111” com 10 faixas, sob comando de Rodrigo Gorky (Brabo Music). Ela também foca em projetos autorais e encabeça a produção do disco de estreia de Urias, o novo álbum de Mateus Carrilho (ex-Banda Uó) e um EP de Alice Caymmi.

SE NÃO OUVIU
Preste atenção nesses nomes: Day, Giulia Be, Hodari, Julio Secchin, Pedro Sampaio e Romero Ferro.

Leia mais:
Radar 2020: as séries que estreiam no ano que vem
Radar 2020: John Lennon ganha expo no MIS de São Paulo
“As Golpistas” tem o figurino mais sexy do cinema atual