Beyoncé na On The Run Tour - Foto: Divulgação
Beyoncé na On The Run Tour – Foto: Divulgação

Por Paula Jacob

O ano de 2014 já começou com Lupita Nyong’o levando para casa o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por 12 Anos de Escravidão. Não demorou para cair no gosto dos estilistas internacionais, estampar campanhas globais e se destacar por seu talento nato. Sem esquecer é claro, que todo mundo ficou happy o ano inteiro com o maior hit de Pharrell Williams, que fez desse ano seu ano. Firmou parceria de longa data com a adidas Originals, apareceu com uma jaqueta totalmente feita de cristais Swarovski, sem mencionar o lançamento de seu álbum Girl. O start up de 2014 foi artístico e assim se manteve durante os meses.

Beyoncé se juntou com seu marido Jay-Z para fazer a tour mais disputada entre os fãs. On The Run Tour, que contou com teaser estrelado pela dupla acompanhados de Blake Lively, Sean Penn, Jake Gyllenhaal e outros, rendeu cerca de US$ 100 milhões nos primeiros shows na América do Norte.

O ano seguiu agitado com o lançamento de Ultraviolence de Lana Del Rey, Lazaretto de Jack White e o tão comentado 1989 de Taylor Swift, que lhe rendeu o posto de mulher do ano pelo ranking da Billboard e a dobradinha no Victoria’s Secret Fashion Show. No cenário nacional, o cantor SILVA se destacou com o seu terceiro álbum Vista Para o Mar e Thiago Pethit surpreendeu todos com o sexy Rock N’ Roll Sugar Darling e mostrou como consegue ser um camaleão da música brasileira, sem perder a sua incrível identidade.

Falando em sensualidade, como esquecer o polêmico Ninfomaníaca de Lars Von Trier. Divido em duas partes e estrelado pela sua musa Charlotte Gainsbourg, o longa traz a história de Joe em cenas líricas e diálogos irônicos. No cinema francês, Bertrand Bonello retrata a criatividade de Yves Saint Laurent vista de outro prisma no longa Saint Laurent, estrelado pelo talentoso Gaspard Ulliel. Já Scarlett Johansson mostrou porque veio ao mundo em Under The Skin, onde faz o papel de uma alienígena em busca de presas humanas, e usa a sexualidade voraz para seduzi-las.

A trama Gone Girl do ilustre David Fincher, também está na lista dos filmes mais comentados de 2014, por retratar as falhas dos relacionamentos e a preocupação excessiva com as aparências. Maleficent por sua vez mostra o outro lado da história de um dos contos mais tradicionais da Disney, A Bela Adormecida. Estrelado por Angelina Jolie, que incorpora a pseudo vilã de forma mais do que convincente, o longa quebra o estereótipo de príncipe encantado e amor a primeira vista. Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos, parte da franquia de J.R.R. Tolkien, estreou nos 45 do segundo tempo e faturou US$ 56,2 milhões em três dias.

Na TV, True Detective arrecadou fãs com o suspense em torno da busca de um assassino em série de Louisiana, e Jimmy Fallon ressuscitou o programa Late Night With Jimmy Fallon.

Infelizmente o ano de 2014 tirou de nós espectadores alguns grandes talentos, com as mortes trágicas dos atores Philip Seymour Hoffman e Robin Williams.

Que em 2015 novos talentos se revelem e os já consagrados continuem nos surpreendendo! Cheers to that!