Sofia Coppola irá dirigir adaptação de "A Pequena Sereia" - Foto: Getty Images
Sofia Coppola irá dirigir adaptação de “A Pequena Sereia” – Foto: Getty Images

Por Anna Del Mar

Seguindo a tendência cinematográfica de adaptação de filmes infantis para público adulto – veja aí Malévola (mais uma adaptação de A Bela Adormecida), Oz (O Mágico de Oz), Alice no País das Maravilhas, Branca de Neve (Branca de Neve e o Caçador e Espelho, Espelho Meu), Cinderela (A Nova Cinderela e Para Sempre Cinderela), Peter Pan, A Bela e a Fera, João e o Pé de Feijão, Chapeuzinho Vermelho (A Garota da Capa Vermelha) e tantos outros – Sofia Coppola acaba de ser anunciada como diretora do remake do clássico A Pequena Sereia.

O filme, ainda sem previsão de estreia, vai contar a clássica história da Disney de uma maneira mais dark, mais próxima da história original de Hans Christian Andersen. O roteiro é de Caroline Thompson, o mesmo de Edward Mãos de Tesoura, e a trama é mais ou menos assim: era uma vez uma sereia que queria muito trocar sua cauda por pernas humanas para poder ficar junto do príncipe por quem é apaixonada. Ela então toma uma poção mágica e consegue, enfim, suas próprias pernas. Só que tudo tem um preço, e a sereia não consegue mais dançar. Ver a sereia dançando era o que o príncipe mais gostava então ela tentou, tentou, tentou até seus pés sangrarem, mas não conseguiu. O príncipe então a deixa e casa com outra.

E a história fica pior, ela descobre que o feitiço pode ser revertido se ela matar o príncipe, mas ela o ama demais para fazer isso. Conclusão? Ela pula no mar de um penhasco e vira um espírito. Pelo menos isso é o que Bazaar sabe, mas, com essa dupla no comando, tudo pode acontecer.

Esse será o primeiro filme infantil da filha de Francis Coppola, que em seu currículo acumula blockbusters como As Virgens Suicidas, Encontros e Desencontros, Maria Antonieta, Somewhere e Bling Ring.