Na foto maior, Mariana Ximenes ruiva no novo filme Um Homem Só. Abaixo, como Tancinha na novela Haja Coração (de vestido) e no papel de Bruna na série Supermax - Fotos: divulgação
Na foto maior, Mariana Ximenes ruiva no novo filme Um Homem Só. Abaixo, como Tancinha na novela Haja Coração (de vestido) e no papel de Bruna na série Supermax – Fotos: divulgação

Por André Aloi

A vida de Mariana Ximenes, como ela conta à Bazaar, anda “tipo uma gincana”. Só neste mês, a atriz brilha no cinema como a ruiva Josie da comédia dramática Um Homem Só, segue no papel da enlouquecida Tancinha, da novela Haja Coração, e ainda surge na megaprodução Supermax, minissérie da Globo. “São gêneses diferentes”, afirma a paulistana, e garante que não dá para se embananar ao explicar cada uma delas. No dia anterior à conversa, Mariana acordou às 3h30 da manhã e foi dormir à 1h.“A vida pessoal está meio de lado porque é muita demanda. Meu calendário é asteca, não acaba nunca. Mas tenho muita energia e, já que me propus, vamos lá. Quero mais é que todo mundo veja.”

Para poder se multiplicar no trabalho, ela tem foco e dedica- se totalmente ao momento – como pede o manual da taurina. “Quando estou imersa num processo, reclamam que não respondo e-mail nem WhatsApp. O celular já fica desligado. Não consigo fazer duas coisas ao mesmo tempo”, diz.

Nos quase dois anos que esteve fora da TV, Mariana teve o cinema como ponto focal – e, inclusive, trabalhou seu lado produtora. É o caso de Um Homem Só, que surgiu de uma conversa com uma amiga.“Falava da minha vontade de fazer personagens diferentes, instigantes e não óbvios.” O longa conta a história de Arnaldo (Vladimir Brichta), que quer produzir um clone para assumir seu casamento infeliz com Aline (Ingrid Guimarães) e o trabalho frustrante, enquanto começa uma nova vida.

Já em Supermax, Mariana é a enfermeira Bruna, um dos 12 participantes que disputam um prêmio de R$ 2 milhões de um reality show que se passa dentro de um presídio abandonado, na Amazônia. “Eles entram a fim de ganhar o dinheiro, mas precisam mesmo é sobreviver”, revela. A Mariana da vida real tem medo da morte? (Silêncio).“É difícil falar. Não tenho esse apreço, como minha personagem. Ela gosta de ir ao cemitério, eu não. Lidar com a morte é difícil”, argumenta.

Mariana achou formidável participar de uma série nos moldes americanos. Entre as últimas a que assistiu estão Narcos e StrangerThings.“É um formato maravilhoso e estou aberta a me envolver mais.” Mas, antes, uma pausa. Após a novela, a atriz só pensa em férias. “Ainda não sei o destino, mas preciso”, avisa. Por enquanto, ela decidiu apenas que quer carimbar o passa- porte com mais um lugar exótico, como fez em suas últimas viagens por Austrália, Índia e Tanzânia. “Sou uma aventureira. Gosto de conhecer novos lugares.”Isso vale para a vida e para os trabalhos, pois a tônica de Mariana é a inquietação.