Ana Paula divide sua viagem com a Bazaar - Foto: arquivo pessoal
Ana Paula divide sua viagem com a Bazaar – Foto: arquivo pessoal

A fantástica cidade de Dubai é cheia de surpresas e invenções extraordinárias.

Passear pelas praias artificiais é algo que não pode faltar no roteiro. O maior prédio do mundo, o Burj Khalifa, também é uma atração imperdível. É dentro deste prédio que fica o hotel Armani e seu restaurante Amal – um dos meus preferidos na cidade. Serve comida indiana com toques modernos e sabores surpreendentes.

Também não dá para deixar de visitar o maior shopping do mundo, o Dubai Mall, um dos melhores lugares para compras na cidade. Concentra todas as marcas imagináveis, com as coleções completas das grifes. Por lá, não deixe de visitar o aquário gigantesco.

Rio artificial do complexo Mandinat Jumeirah - Foto: arquivo pessoal
Rio artificial do complexo Mandinat Jumeirah – Foto: arquivo pessoal

Para se hospedar, recomendo o hotel Madinat Jumeirah, É um incrível complexo que reproduz cidades árabes. Há até um rio (artificial, é claro!) com gôndolas que são usadas para transportar os hóspedes entre os restaurantes e os quartos. Puro charme!

O melhor restaurante é o Pai Thai, com ambiente para lá de agradável. Enquanto você se delicia com a culinária, há uma apresentação de dançarinas tailandesas, que ficam tocando e dançando para animar a noite.

Ana Paula Scopel curte seu narguilé no Kuba Bar - Foto: arquivo pessoal
Ana Paula Scopel curte seu narguilé no Kuba Bar – Foto: arquivo pessoal

Para quem gosta de narguilé, a dica é o badalado Kuba Bar, dentro do hotel Al Qasr, onde você pode relaxar no final do dia com uma vista especial para o Burj Al Arab. Mas atenção: é preciso chegar cedo para conseguir um lugar!

Ainda dentro deste complexo fica o Souk Madinat Jumeirah, um dos mercados típicos da cidade. É o melhor lugar para comprar lembranças e peças decoração.

Imperdível passeio de balão! - Foto: arquivo pessoal
Imperdível passeio de balão! – Foto: arquivo pessoal

Outra dica: o passeio de balão é fantástico. Para chegar ao ponto de partida são duas horas de viagem, mas a viagem é maravilhosa e vale o sacrifício.

Fuja do Souk Gold, o mercado de ouro é sujo, feio, com muitas coisas falsificadas e nada típico.

Outro restaurante que não dá para deixar de conhecer é o La Petit Maison: francês delicioso e super animado. É lá que estão as pessoas mais bacanas de Dubai.

Abu Dhabi

A Grande Mesquita Sheikh Zayed - Foto: arquivo pessoal
A Grande Mesquita Sheikh Zayed – Foto: arquivo pessoal

Abu Dhabi é uma cidade próxima a Dubai, que tem um prédio mais surpreendente do que o outro. É lá também que está o lugar mais lindo que eu já visitei na minha vida: a Grande Mesquita Sheikh Zayed. É uma obra de arte. Uma mistura de religião com arquitetura e luxo. A mesquita é toda branca, com piso de mármore e o maior tapete feito à mão do mundo, onde os religiosos rezam de joelhos todos os dias. Para entrar na mesquita, todas as mulheres precisam vestir a burca e estar com o cabelo coberto.

Não recomendo o passeio no parque da Ferrari: a única atração legal é a montanha russa mais rápida do mundo, mas ela é tão rápida que você mal entra e já tem de sair.

Para se hospedar, com certeza o Emirates Palace é o lugar mais luxuoso de Abu Dhabi. O hotel é um castelo, e também um dos pontos turísticos da cidade. Dentro dele fica o divino restaurante chinês Hakkasan. Para os hóspedes, há um passeio especial de camelo à beira da praia – muito divertido!