Foto: Acervo pessoal

Por Camila Salek

Sou daquelas que ama dar presentes. Planejo, estudo detalhes, escolho com carinho. Neste ano resolvi me dar um super presente. Escolhi e planejei para mim mesma uma experiência de rainha: passar o meu aniversário, de 44 anos, hospedada no exclusivíssimo Le Grand Contrôle, dentro do Château de Versailles, na França.

Já estava namorando este hotel desde sua recente inauguração, alguns meses atrás. Me imaginei em todas as experiências que iria viver, com os benefícios exclusivos e o acesso privilegiado que teria direito, sonhei em ter o Château como um marco de renovação na minha história.

Minha coluna de hoje vai contar um pouco do que vivi e começo com um breve resgate histórico. O Château de Versailles começou como um modesto pavilhão de caça construído por Luís 13 em 1623, mas sob a propriedade de Luis XIV tornou-se um magnífico palácio conhecido em todo o mundo. Ao longo de mais de cem anos, durante várias sucessões ao trono, o Château foi embelezado e ampliado para acomodar a corte de Luís XIV, Luís XV e Luís XVI. Agora considerado uma das melhores realizações da arte francesa, o palácio continua a ser um símbolo cultural do esplendor real.

Foto: Divulgação

Situado dentro dos portões de Versailles, o Le Grand Contrôle foi construído em 1681 por Jules Hardouin-Mansart, o arquiteto favorito de Luís 14 e um grande ícone do classicismo francês. O grandioso edifício já hospedou a elite política e cultural da Europa, embaixadores, artistas, músicos, escritores e cientistas do Iluminismo. Agora entrei para esta lista também 😉

No Le Grande Contrôle pude ter uma visão exclusiva do mundo de Versailles. São 14 suntuosas suítes repletas de móveis e acessórios de época, onde os hóspedes são convidados a voltar na história, mas com conforto contemporâneo. Escolhi o quarto do arquiteto Jules Hardouin-Mansart, que citei acima, por motivos óbvios. Este cara é um gênio! Suas obras em Versailles incluem o fantástico Salão dos Espelhos, a Orangerie (vista incrível do meu quarto), a Capela Real e o Grande Trianon. Isso só para destacar algumas de suas criações que mais amei!

Foto: Divulgação

Ficar hospedada dentro do Château é viver o esplendor do século 18 com versões renovadas dos clássicos reais. O restaurante, por exemplo, é assinado por Alain Ducasse – que já chegou a ser o segundo maior chef do mundo com 21 estrelas Michelin – e trabalha apenas com ingredientes adquiridos de fornecedores locais. O staff (impecável!!) tinha toda uma programação feita em meu nome. Isso sem falar que o mesmo dono do hotel é também proprietário dos macarons mais famosos do mundo e, por este motivo, produtos Ladurée ficam estrategicamente colocados em todos os cantinhos da propriedade. Tudo muito especial.

Me surpreendi com as tradições históricas sendo complementadas pelo pensamento do século 21 e com as novas tecnologias adotadas em todo o hotel. A energia geotérmica, por exemplo, foi usada para aquecer o edifício, luzes LED davam nova vida aos lustres antigos e aparelhos tecnológicos (iPads, celulares, caixas de som) estavam disponíveis em uma caixa de época camuflada com o ambiente do meu quarto.

Após me instalar e explorar os detalhes do quarto – sim, sou daquelas que ama ver os amenities e fica feliz quando descobre que frigobar mega abastecido de bebidas e snacks está incluído na diária – entendi que o melhor ainda estava por vir. Minha primeira experiência foi relaxar no Valmont Spa explorando a luxuosa piscina, a sauna e o hammam. Afinal, tinha acabado de chegar de um longo vôo do Brasil. Experiência ímpar!

Já relaxada, fui curtir o chá da tarde de “Maria Antonieta” que explorava as delícias apreciadas por ela combinadas com o melhor da pâtisserie atual. Neste momento percebi a indumentária de época exclusiva utilizada pelo staff e juro que desejei várias peças. Na mesa, porcelanas desenvolvidas com exclusividade, retratavam o mesmo serviço utilizado por Maria Antonieta. Coisa de rainha, né?

No hotel, todos os hóspedes têm acesso gratuito e ilimitado a carrinhos de golfe e barcos elétricos para explorar toda a propriedade do Château. Foi o que fiz, peguei minha chave e segui com meu carrinho elétrico, me perdi em um passeio delicioso pelos belos e extensos jardins, apreciando suas esculturas e centenas de fontes altamente instagramáveis. O pôr do sol veio com o ápice do dia: uma visita privada guiada pelo palácio para seguir os passos do dia a dia da Maria Antonieta. Mais do que ver seus aposentos e navegar pelo o castelo, esta visita, que é exclusiva para quem está hospedado na propriedade, mostra os bastidores da família real: o verdadeiro quarto da Maria Antonieta, sua biblioteca, sua sala de leitura, sua sala íntima… enfim, os espaços não públicos do palácio. Tudo muito simples e igualmente impressionante.

Finalizei minha noite sendo tratada com a mesma reverência e cuidado da era da realeza, num jantar Inspirado nas festas reais. Os pratos aparentemente intermináveis, elaborados pelo chef Ducasse, foram apresentados em ondas sucessivas onde sopas e entradas foram seguidas de assados e saladas, depois os pudins e, por fim, a sobremesa. Como personagens de um balé bem orquestrado, toda a equipe fazia a apresentação dos pratos e a troca de talheres refinados vindos da coleção particular do próprio Ducasse.

Foto: Divulgação

Fui dormir pensando que se a experiência terminasse naquele momento, já estaria absurdamente feliz. Mas no dia seguinte, data do meu aniversário, fui surpreendida por um brunch particular, montado no gabinete privado da Maria Antonieta. Não contive a emoção. Fiquei tão maravilhada com cada detalhe e soprei minhas velinhas ali, em um bolo delicioso presenteado pelo hotel. Ainda tive tempo para uma nova visita privada ao Domaine Trianon, residência de verão de uso exclusivo da Maria Antonieta e finalizei minha estadia com uma massagem incrível que ganhei de uma grande amiga.

Minhas 24 horas como rainha me ajudaram a escapar do meu dia a dia e a celebrar de forma ímpar os meus 44 anos. Foi inesquecível.

Camila Salek – Sócia-fundadora da Vimer Experience Merchandising integrante do grupo de empreendedoras de sucesso do programa “Winning Women Brasil” da Ernst Young e colunista da Harper’s Bazaar Brasil. Referência em varejo e visual merchandising, está por trás de evoluções significativas da experiência de consumo e do desenvolvimento do conhecimento da área, através da implementação de projetos inovadores e compartilhamento de conteúdos ministrados em aulas, palestras, treinamentos e publicações nacionais e internacionais voltadas para moda e tendência.