Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Por Paula Rita Saady

Bazaar foi conhecer de perto um dos Hotéis mais charmosos de Cannes, o Majestic Barrière. Com vista privilegiada para o red carpet, o hotel, inaugurado em 1926 em estilo art déco, é o lugar preferido de estrelas e membros do júri como Sophie Marceau, Jake GyllenhaalGuillermo Del Toro, Isabella Rosselini e Catherine Deneuve, que estão hospedados lá nesse momento. Ele é o palco de eventos oficiais do Festival de Cannes como o coquetel dos jurados e a noite de gala de encerramento do evento, que acontece no dia 24 de maio. Por estar literalmente na frente do tapete vermelho, muita gente prefere se hospedar lá e aproveitar o acesso privilegiado, exclusivo aos convidados do Majestic. Durante o festival os quartos possuem diárias a partir de 1000 euros. Marcas de luxo como a Dior e Chanel utilizam o hotel como showroom, com destaque para a suíte Dior, que ocupa um espaço de 450m2 e vista deslumbrante da cidade.

Suite Dior - Foto: Divulgação
Suite Dior – Foto: Divulgação

Este ano ele também sedia o QG do Grupo Kering (conglomerado de marcas de luxo que possui a Saint Laurent, Gucci e Bottega Veneta). O grupo é um novo parceiro do festival e durante o evento promove ação com a Fundação Kering, que luta contra a violência contra a mulher e busca melhorar a participação feminina na indústria do cinema.

O lugar é todo jet setter, com dois restaurantes sendo o Fouquet’s, com culinária francesa, e o La Petite Maison de Nicole, com pratos mediterrâneos e cocktails criados especialmente pelo barista Emanuelle de Balestra para a data, o CosmoFestival, os grandes destaques. Um dos maiores charmes do hotel está no conciergerie, considerado umo dos melhores do mundo, com direito a prêmios internacionais, por literalmente conseguirem tudo.

A praia particular do hotel possui uma sala de projeção, para satisfazer alguns dos 200000 cinéfilos, 35000 profissionais e 4000 jornalistas presentes em Cannes para o festival. A grande novidade  da temporada é a suíte Melodie, que foi inaugurada logo antes do festival em homenagem ao filme Mélodie en Sous-sol, com Jean Gabin e Alain Delon, possui 200m2 e a diária de 39 mil euros. No mundo mágico de Cannes, o glamour não mede esforços e não tem preço.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação