Foto: Pixabay

Por Carolina Andraus

No ano em que Aspen completa 75 anos, ainda dá tempo de aproveitar o finalzinho da temporada de esqui e conhecer as novas experiências culturais e vivências que foram trazidas neste ano especial de comemorações e reabertura das fronteiras após quase dois anos de pandemia.

Entre o Natal e o Ano-Novo, o pequeno aeroporto de Aspen recebe mais jatos particulares do que qualquer outro terminal nos Estados Unidos. Entre os visitantes de temporada estão o fundador da Amazon, Jeff Bezos (cujos pais são residentes em Aspen), o presidente da Estée Lauder Companies, Leonard Lauder, e as estrelas de Hollywood Goldie Hawn, William H Macy e a esposa, Felicity Huffman. De acordo com a revista Forbes, 50 bilionários moram ou possuem imóveis na região de Aspen.

O que poucas pessoas sabem é que, não apenas as montanhas ficam abertas até quase o fim de abril, mas também que o destino continua vibrante durante todo o ano, com sua natureza exuberante, com importantes investimentos em cultura e arte que vão muito além da temporada de inverno.

Neste ano, em especial, depois de quase dois anos com as fronteiras fechadas para brasileiros, a montanha preparou novas experiências buscando reforçar ainda mais os momentos outdoors. Com guarda-sóis, espreguiçadeiras e caviar esperando os brasileiros na neve, Aspen recriou uma experiência de praia na neve embalado por DJs, no Aprés-Ski mais animado da temporada, e reforçando o conceito de experiências especiais em ambientes mais abertos.

“Andy Warhol: Lifetimes” – Foto: Divulgação

O Aspen Art Museum trouxe nesta temporada de inverno uma especialíssima exposição “Andy Warhol: Lifetimes”, com nuances da vida e trabalho de um dos maiores ícones da cultura pop americana. A combinação de peças clássicas e obras menos conhecidas traz uma nova perspectiva para a trajetória de Warhol, reconhecendo a sua sensibilidade e pioneirismo. Warhol era um frequentador assíduo de Aspen, onde não apenas aprendeu a esquiar como teve diversas propriedades ao longo da vida.

A importante reforma no icônico hotel Limelight, que trouxe um luxo ainda mais integrado ao ambiente e estética das montanhas, é tendência mundial de um estilo de vida mais orgânico e integrado à natureza, e que também tem na curadoria de arte de Paula Crown uma nova seleção de obras que incluem um recém-adquirido quadro da brasileira Beatriz Milhazes, além de diversas obras de artistas mulheres que fazem da visita ao hotel uma verdadeira imersão cultural.

Outra nova experiência da temporada é a parceria do hotel com a Audi, que oferece uma muita adrenalina em test drives nos luxuosos SUVs elétricos da marca em paisagens deslumbrantes, um programa divertido entre uma pausa e outra do esqui para almoçar em algum dos muitos restaurantes das montanhas, que ficam abertos até 18 de abril.  Programa imperdível se você ainda não veio a Aspen nessa temporada – se ainda prefere evitar aglomerações da alta temporada, não deixe de aproveitar tudo que a montanha tem de melhor nesse ano muito especial.

@carolina.andraus é formada pela FGV, ex-mercado financeiro, empreendedora, desenvolveu e vendeu diversas empresas no mercado imobiliário. Globetrotter e cidadã do mundo, já morou em Londres, Paris, Nova Iorque, Boston, Istambul e Frankfurt. Recentemente voltou a estudar na Harvard Business School e passou a escrever sobre mulheres inspiradoras, comportamento, e viagens.