Chamonix reconquista seu glamour no inverno Europeu

Local da primeira Olimpíada de inverno, a vila ganha novos hotéis e baladas

by redação bazaar
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Por Rodolfo Fontana

A temporada de esqui está chegando ao fim, pelo menos aqui no hemisfério Sul.Você só vai precisar deixar seu colete Moncler por mais alguns meses de molho no armário, mas em breve chega o inverno à Europa! Hoje vamos falar de Chamonix, comuna da França que já foi o patinho feio da season europeia.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Local da primeira Olimpíada de inverno, em 1924, Chamonix acabou perdendo sua gloria gradativamente no fim da década de 1960. Ofuscada principalmente pela badalada Courchevel, mas também pela ascensão do ski boutique como Val Thorens e Val d’isère, a vila no Mont Blanc viu seu turismo perder em qualidade e ganhar em quantidade.

Durante quase 100 anos reinou nos Alpes como o melhor e mais chique destino de inverno, depois que famosos como Goethe e Saussure começaram a frequentar a cidade ainda no século 18.

Agora Chamonix está virando o jogo com a ajuda dos millenials, já que tem o melhor e mais fácil acesso de Genebra, Paris e Londres. É possível sair da capital inglesa de trem cedo pela manhã e chegar a Chamonix na hora do almoço com apenas uma troca de TGV. E isso conta para toda uma geração em que mais rápido é melhor.

Vista do quarto do Hotel la Folie Douce - Foto: Divulgação

Vista do quarto do Hotel la Folie Douce – Foto: Divulgação

A cena local percebeu a mudança nos últimos anos, e o grande grupo de baladas. A La Folie Douce decidiu, por exemplo, abrir ali seu primeiro hotel balada. Localizado na beira do vale, em um antigo Hotel Palácio do século 19, o Folie, para os novos habitués, atraiu na sua primeira temporada um público eclético e animado. O hotel é democrático, contendo três categorias de acomodação, desde apartamentos para grupos de amigos com um orçamento menor, até suítes dedicadas na área do spa, com sua piscina com vista direta para a cadeia de montanhas do Mont Blanc.

Festa la Folie Douce - Foto: Divulgação

Festa la Folie Douce – Foto: Divulgação

Proposto a mudar o paradigma, o hotel tem seu próprio teleférico até a entrada do teleférico na Brévant, a principal montanha da região, facilitando a ida e a volta daqueles que chegarem direto para animadas festas que acontecem a partir das 16h com os Djs famosos do mundo.

O hotel também ganha por seu ousado projeto arquitetônico, integrando diversos bares e com três opções de restaurante. Aqui, a chapelaria é exposta em uma espécie de mecanismo suspenso giratório a seis metros de altura e os casacos pairam sobre o lounge da balada. Dezenas de obras de arte também compõem os ambientes, internos e externos.

A vila de Chamonix - Foto: Divulgação

A vila de Chamonix – Foto: Divulgação

Além da cidade ter inúmeras boutiques de inverno, como a própria Montblanc, ela esta repleta de bares agitados como o recente Moo, o clássico Elevation 1904 e o agitado Clube L’amenesia. Em Chamonix também se come muito bem. Parada obrigatória são o Le Cap Horn e o La Calèche, os mais tradicionais da cidade. Também vale a visita ao idílico La Cabane des Praz, localizado no limite da cidade.

Chamonix ganha no tamanho, por ser uma cidade com dezenas de restaurantes e bares já tradicionais. Ganha na beleza natural por estar no pé do Montblanc e a uma parada de trem da maior geleira da Europa, La Mer de Glace. É também dali o acesso até o Aiguille du Midi, o observatório/restaurante que te fará se sentir no covil de um vilão de James Bond dos anos 70, ou na superfície de outro planeta, já que as temperaturas lá em cima (3,800m) chegam a -40ºC.

Típica virtrine de embutidos de loja em Chamonix - Foto: Divulgação

Típica virtrine de embutidos de loja em Chamonix – Foto: Divulgação

E o melhor de tudo, Chamonix ganha na sua democracia de público, cada vez mais heterogêneo. Ah, e é claro, para os millenials de plantão, a cidade tem sua própria boutique Moncler cheia de looks coloridos para o seu instagram!

Leia mais:
Três hotéis ao redor do mundo para planejar as férias
Antiga casa de pescador opera como hotel de luxo em Búzios
Retiro detox do Rituaali vai muito além da perda de peso