Foto: Mariama Prieto

Há mais de um ano, milhares de pessoas vivem com a sensação de estarem trancadas, outras nem tanto, pois não deixaram de viajar e redescobriram opções, visualizaram novos horizontes e aprenderam sobre outros lugares, esconderijos e escapes.

O verdadeiro amante do conceito “hospedar-se” não deixou de dar check-in na pandemia, logicamente assim que os hotéis, pousadas e resorts reabriram por aqui. A prova disso é que o turismo nacional deu uma baita guinada com as restrições de viagens para o exterior. Nos últimos meses não teve quem não ouviu falar em “staycation“, “viajar em casa”, “turismo doméstico”, e por aí vai… Demos um jeito e fomos levando.

Salvador, Rio de Janeiro, Maceió, Natal e São Paulo estão entre os cinco destinos brasileiros mais procurados por viajantes em 2020 e as viagens domésticas foram 96% do total no ano passado. O dado é do mais recente anuário da Associação Brasileira de Operadoras de Turismo (Braztoa). 2021 pelo visto será igual ou bem próximo disso. Eu falo, escrevo, vivo e experiencio hotéis, mas não tem como falar sobre o lifestyle hoteleiro sem esbarrar no tema Turismo, um dos setores mais afetados devido à pandemia de Covid-19.

O Dia Nacional do Turismo é celebrado neste sábado, dia 8, a data costumava ser de muita alegria para o setor, porém visto o cenário que ainda nos encontramos, a data deve ser de esperança, oferta e muita inovação para atrair viajantes por este Brasil enorme.

Na coluna CHECK HOTELS que trago em Bazaar esta semana, apresento as notícias mais quentes do universo da hotelaria pelo Brasil e mundo afora. Quer saber mais? Veja na galeria: