Antigo barco de pesca na ilha de Phi Phi, na Tailândia/Reprodução

Por Carolina Overmeer

Fascinada pelo mundo oriental, Fabiana Pastore, sempre que pode, atravessa o globo em busca de uma aventura exótica.

Para o réveillon de 2012, o destino escolhido foi a Tailândia. Com a ajuda da agente de turismo Silvia Torres, ela montou um roteiro para viajar com as crianças e conhecer o melhor do lugar em dez dias. “A Tailândia é um país budista, portanto seguro, alegre e respeitoso. Sem dúvida, foi a melhor viagem que já fizemos em família”, relata Fabiana, que é buyer das grifes Jimmy Choo e Pucci para o shopping Cidade Jardim.

O primeiro destino foi Bangkok, capital tropical, conhecida como “a Veneza do Oriente” por causa da rede de canais e afluentes fluviais. A família optou pelo hotel Sukhothai – “menos turístico e mais bem localizado que o Península, o mais popular” – e aproveitou a estada para visitar templos, passear de barco até o Mercado Flutuante e apreciar a vista da cidade do topo do hotel Lebua, onde fica o badalado bar do restaurante Sirocco.

Dica de ouro: “Não deixe de comprar flores marigold para oferecer aos budas. Visite os templos Wat Pho, onde fica o Buda Deitado (estátua com 43 metros de comprimento), e o Wat Traimit, onde fica o Buda Dourado (maior estátua de ouro maciço do mundo, pesando mais de cinco toneladas). Mas, atenção: leve um pano para cobrir os ombros, porque é proibido entrar nos templos com roupas decotadas.”

A festa de Ano Novo aconteceu em Chiang Mai, cidade no norte da Tailândia, muito visitada por causa das paisagens de arrozais. Hospedaram-se no hotel Mandarim e participaram de uma festa superanimada, com direito a show pirotécnico, danças típicas e um caprichado jantar ao ar livre.

Inesquecível, porém, foi o contato com os elefantes no Baan Chang Elephant Park. “Passeamos no lombo dos animais, sem cadeirinha, e demos banho neles de balde e esfregão. Foi a maior farra. Eles deitam e rolam, espirram água pela tromba…”, relembra Fabiana.

O último destino da viagem foi Krabi, no litoral, para conhecer as famosas ilhas Phi Phi. Hospedada no hotel Ritz Carlton (que, de tão exclusivo, disponibiliza concierges individuais), a família esbaldou-se com as famosas massagens tailandesas e o paradisíaco cenário à beira-mar: “O programa era sair de barco, com cesta de piquenique e material de mergulho, para passar o dia nas ilhas. O visual é lindíssimo, há praias de areia branca, água transparente e quente e aqueles dramáticos rochedos que emergem do mar”, conta.

“Em Ko Phi Phi Leh, ilha onde foi filmado A Praia (filme com Leonado DiCaprio), tem a maior garotada circulando de calção e violão. Dá vontade de voltar a ser adolescente!”

Dica esmeralda: “Não deixe de ir até Monkey Beach, deliciosa praia deserta; na volta, faça um pit stop na rua do comércio de Ko Phi Phi Don, maior ilha do arquipélago e a única habitada. Compre flores para colocar na cabeça!”

Last, but not least: é melhor conhecer a Tailândia entre dezembro e março, no inverno, quando a temperatura é amena, variando em torno dos 30 graus.