A PR Samantha Simon em Estocolmo - Fotos: Samantha Simon
A PR Samantha Simon em Estocolmo – Fotos: Samantha Simon

por Samantha Simon

Essa é uma das regiões mais incríveis que já conheci. Comecei por Estocolmo dela fui para Copenhagen, Malmo (na Suécia, mas ao lado da Dinamarca), Alessund, Geiranger, Bergen e terminei em Oslo. Estocolmo é uma cidade incrível, situada num arquipélago de catorze ilhas unidas por 53 pontes. Caminhar em Estocolmo é cruzar uma sucessão infindável de pontes e canais. Cerca de 30% da cidade está coberta de canais e outros 30% são ocupados por parques e muitas áreas verdes.

Undreground cool: detalhe do metro em Estocolmo - Fotos: Samantha Simon
Undreground cool: detalhe do metro em Estocolmo – Fotos: Samantha Simon

Como toda a viagem que faço, comecei com um free-walking-tour, um programa super comum nas principais cidades européias e que ajuda a se ambientar a cidade! Fizemos o  Free Tour Stockholm, que foi muito bacana e nos deu uma boa noção da cidade e história sueca. São dois tours – o da cidade nova e o da cidade velha. Um de manhã e outro no fim do dia! Vale cada segundo!

Uma coisa que amei em Estocolmo – dá para fazer absolutamente tudo de metrô. Aliás, as estações de metrô são um show à parte na cidade e inclusive poderia ser considerado o maior museu de arte aberto do mundo. A maioria das estações tem as paredes, tetos e ambientes grafitados, pintados ou temáticos. É um passeio imperdível para quem gosta de arte. Minha dica é passear pela linha azul e parar nas estações Kungstragarden, T-central, Radhuset, Solna, Fridhemsplan, Stadshagen e Vastra Skogen e na linha vermelha, nas estações Ostermalmstorg, Stadion e Tekniska. Veja as fotos e entenda porque vale gastar um tempo no underground.

Comidinhas do mercado Ostermalms Saluhall - Fotos: Samantha Simon
Comidinhas do mercado Ostermalms Saluhall – Fotos: Samantha Simon

Para quem gosta de comida, principalmente comida local, é imperdível uma visita ao mercadão da cidade (eu fui duas vezes), o Ostermalms Saluhall. O local é perfeito para almoçar com um bom custo benefício ou ainda, para quem curte um bom pic nic, pois tem uma seleção incrível de Paes, queijos, frios e outros antepastos locais… De babar!

Obviamente, não existe visitar Estocolmo sem passar pela Gamla Stan ou “cidade velha”. O bairro é muito lindo, um tanto quanto pitoresco, porem pequeno. O que fazer por lá? Caminhe pelas ruelas, veja o Kungliga Slottet – palácio real e a Catedral de Estocolmo, mas o mais legal mesmo é caminhar sem muito destino e ver a arquitetura dessa viagem no tempo.

A Västerlånggatan é a rua principal deste bairro, bem fofa e com todas as lojinhas de souvenirs da Suécia.  Uma delicia de andar! Meu bairro predileto é Sodermalm (cidade do Sul) sem a menor dúvida! É o lugar mais moderno e descolado de Estocolmo. Começamos nosso passeio pelo Fotografiska, museu dedicado a fotografia, depois fomos caminhando até chegar em um parque chamado Nytorget, onde a galera descolada passa tardes no sol, tomando uma cervejinha! Andar por este bairro é dar de cara com muitas lojas de design, de moda e com uma galera jovem e bonita que, não importa o dia, está sempre curtindo a vida com um café ou cerveja na mão. Pra mim, o lugar mais legal de Estocolmo…

Outro programinha que é imperdível é ir à ilha de Djugarden, onde fica o Vasa Museum, o único navio de guerra do século 17 existente no mundo. 95% do casco original do barco foi preservado e ornamentado com centenas de esculturas talhadas! Já a ilha de Skeppsholmen tem infinitos museus e um pier bacana. Passei uma tarde largados por lá vendo os barcos, crianças pescando, manutenção dos veleiros… E o por do sol mais bonito da cidade.