Foto: Marcelo Isola/Divulgação

O município de Fortim, localizado no Ceará, vem ganhando novo formato e fãs com uma modalidade de turismo que tem feito sucesso por lá: o slow travel. Com um pouco mais de 16 mil habitantes (dados do IBGE de 2020), a região fica a 135 quilômetros da capital Fortaleza e abriga hotéis luxuosos que atraem tanto turistas brasileiros como estrangeiros. O mais recente deles é o Jaguaríndia Village.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Em uma área de mais de 50 mil metros quadrados, o hotel boutique (lançado em novembro de 2021) resgata ​​uma experiência pautada no ‘slow travel’, onde cada momento é vivido de maneira integral a partir de três pilares: corpo, mente e natureza.

O acesso ao hotel é bem exclusivo: ele fica de frente para o mar e próximo às margens do rio Jaguaribe, sendo cercado por vegetação nativa e dunas de areia. Possui apenas 30 acomodações que são divididas em bangalôs (com piscina privativa ou não) e apartamentos (que abrigam famílias completas).

Foto: Marcelo Isola/Divulgação

“O Jaguaríndia Village vem com o espírito do staycation, tendência mundial e que faz parte de um novo turismo. Ao mesmo tempo que apresentamos uma proposta de reconexão, também desenvolvemos espaços para que nosso hóspede possa trabalhar apreciando uma vista deslumbrante, cercado de tecnologia, silêncio e exclusividade para fazer suas reuniões remotas”, comenta Celian Chaufour, sócio-diretor.

Design com olhar para o Brasil

Foto: Marcelo Isola/Divulgação

Para qualquer canto que você olhe, seus olhos se deparam com verdadeiras obras-primas compostas pelo design feito sob medida e com olhar brasileiro para o local, complementado pela natureza, que é sempre esplêndida por ali. O design é convidativo e integra a cultura indígena, com peças feitas em madeira por artesãos locais do Ceará.

Tudo do design do hotel boutique ficou sob comando do arquiteto Marcos Campos e a designer de interiores Ana Carolina Moura, e as francesas, Anita Wiener, arquiteta e designer que trabalhou no conceito rústico-contemporâneo dos mobiliários, e peças exclusivas ao lado dos artesãos locais da arte e madeira, e a artista plástica, Anne Brunet, com sua técnica única traduzindo traços da cultura indígena local em painéis artísticos presentes em todo hotel.

Quarto do jeito que você quiser

A hospitalidade é destacada em oito tipos de acomodações: Bangalôs e Bangalôs Família com e sem piscina, sendo alguns totalmente de frente para o mar e outros com vista para o mar e coqueiral. 

As Villas Jardim com 2 suítes e as Gran Villa Jardim com 3 quartos possuem ar-condicionado, televisão 65 polegadas, frigobar, WI-FI, amenities e enxovais de luxo Construídos em alvenaria, madeira reflorestada e folhas de carnaúba, as acomodações oferecem exclusividade e combinam o estilo rústico ao luxo de peças exclusivas.

Reserve um tempo para os restaurantes

Se você optar por se hospedar no Jaguaríndia Village (o que você não vai se arrepender, obviamente), reserve um tempo para conhecer o cardápio de todas as refeições do restaurante central do hotel.

Com dois amplos ambientes, o restaurante tem um menu franco-brasileiro elaborado pelo chef francês estrela Michelin, Emmanuel Ruz, apresentando uma mistura de sabores e sensações, e combinando iguarias locais com a moderna culinária contemporânea ocidental. 

Ao seu lado, o chef paulistano com alma cearense, Wladimir Honório, surpreende a todos trazendo iguarias locais enriquecendo ainda mais o cardápio. Experiências que irão promover a integração da colheita, pesca e preparo também serão disponibilizadas aos hóspedes que desejarem conhecer a origem dos alimentos, e acompanhadas pelo chef com execução dos pratos ao vivo.

Amantes do ares

Foto: Marcelo Isola/Divulgação

Se sua praia for descansar, o Jaguaríndia Village é a maior pedida possível. Agora, se você quer se aventurar em um novo esporte, o hotel também é para você.

Por conta dos fortes ventos constantes de Fortim, a região é considerada o melhor spot de kite surfe no Ceará. O próprio hotel te entrega a possibilidade de viver esta experiência a partir do Jaguaribe Kite, que é um centro-escola com certificação internacional de kite surfe, contando com aulas, equipamentos e professores qualificados.

Foto: Marcelo Isola/Divulgação

As reservas podem ser feitas com valores entre R$ 2.300,00 e R$ 3.600,00. Para garantir a sua, acesse o site oficial do hotel e veja todas as informações de contato.