Ushuaia – Foto: Divulgação/iStock

Acredite se quiser: o fim do mundo é um lugar real e passível de visitação. A cidade de Ushuaia fica no extremo sul do continente sul-americano e, portanto, é considerada a última cidade do planeta e a mais próxima da Antártida.

Pertencente à província da Patagônia, na Argentina, Ushuaia fica situada no litoral do Canal de Beagle, um canal que separa o continente da América do Sul das ilhas do arquipélago da Terra do Fogo. A cidade é cercada de maravilhas naturais que encantam os olhos e também de uma infraestrutura que atende todos os gostos, desde pousadas aconchegantes até hotéis cinco estrelas para aproveitar a viagem com o máximo de luxo e conforto na estadia.

São vários os cartões-postais da cidade e as atividades mais deslumbrantes. Separamos alguns dos passeios e paisagens mais imperdíveis do fim do mundo. Confira:

Glaciar Martial

Um dos cartões-postais de Ushuaia é o Glaciar Martial, uma imensa geleira ao norte da cidade. Para chegar ao Martial, é simples: existe uma estrada asfaltada que leva até a base de um teleférico. Na base do teleférico, é possível encontrar uma casa de chá e alugar equipamentos para esqui. No inverno, quando o nível de neve está mais alto, o Glaciar Martial vira uma estação de esqui ideal para iniciantes ou para quem quer apenas brincar na neve.

Valle de Lobos

O Valle de Lobos é um centro de atividades de inverno, cujo diferencial é a possibilidade de fazer passeios de trenós puxados por cães. Outras atividades, como caminhadas com raquete e passeios de moto na neve, também são possíveis para quem curte o ar livre.

Ushuaia – Foto: Divulgação/iStock

Navegação pelo canal

Talvez, a maior e mais chamativa atividade seja o passeio pelo Canal de Beagle. Com três horas de duração, o trajeto de barco faz uma rota que zarpa do porto de Ushuaia e passa por diversas ilhas repletas de vida selvagem e paisagens deslumbrantes. Durante o passeio, os visitantes passam por ilhas repletas de pinguins e leões-marinhos. Parte das rotas inclui a Ilha H, na qual os visitantes podem desembarcar e fazer uma caminhada pelo espaço, que já foi habitado pelos povos indígenas anteriores à colonização espanhola.

Outro ponto famoso da viagem é a passagem pelo Farol Les Eclaireurs, construído na década de 1920 e ainda em funcionamento, que auxilia os navios a se guiarem pelas águas do canal. Vale destacar que esse é um dos 20 faróis mais fotografados do mundo.

Como chegar em Ushuaia

Existem três opções para chegar até o fim do mundo. A primeira é de carro, posto que Ushuaia fica a 3.160 km de Buenos Aires. A viagem leva cerca de 36 horas de duração, em uma estrada que corta um pedaço do Chile e passa por uma balsa. A segunda opção é de cruzeiro, cuja duração é de 15 dias – o navio parte de Buenos Aires e faz um itinerário que inclui a cidade de Ushuaia.

A terceira opção é de avião: hoje, as viagens com destino a Ushuaia partem apenas do aeroporto de Buenos Aires e têm como destino o Aeroporto Internacional de Ushuaia – Malvinas. No entanto, a companhia aérea Aerolíneas Argentinas publicou recentemente que, a partir de julho, haverá voos diretos entre São Paulo e Ushuaia duas vezes por semana. Desse modo, fica facilitada a logística de passagens aéreas para quem quiser curtir as férias no fim do mundo.