Royal Mansour Marrakech, Marrocos: melhor hotel – Foto: Divulgação

A hotelaria mundial começa, pouco a pouco, a voltar à normalidade. Depois de quase dois anos difíceis por conta da pandemia, os eventos ligados ao turismo retomam as atividades na Europa. Um deles acontecem essa semana na capital francesa: o Prix Villégiature 2020-2021, que preferiu cancelar sua edição do ano passado, acumulando dois anos em um só. O prêmio, que existe desde 2003, é um dos mais respeitados do mundo, dando notoriedade a hotéis em diversas categorias através de um júri de 22 jornalistas internacionais (Estados Unidos, China, Japão, Rússia, Brasil, Reino Unido e Europa) nas áreas de turismo, gastronomia, estilo de vida e arte.

Na cerimônia, que aconteceu na ultima segunda-feira na magnifica mansão da Embaixada do Azerbaijão, com vista para a Torre Eiffel, trouxe um ambiente de euforia e de retomada de uma certa liberdade, parcialmente recuperada, na capital francesa. Diretores de hotéis, assessores de imprensa, formadores de opinião e jornalistas ocuparam os diversos andares do local, todos devidamente vacinados e protegidos com mascaras nos locais fechados. So para lembrar, 86% da população francesa ja foi vacinada com as duas doses, e todos os locais como lojas, museus, bancos e hotéis pedem o passaporte de vacinação dos visitantes na entrada.

O Prix Villégiature, que conta com dezoito categorias no total, sendo oito grand prix e dez clássicas, se dividiu em:

Vencedores dos oito Grand Prix:

Melhor Hotel: Royal Mansour Marrakech, Marrocos
Melhor Boutique Hotel: Hotel Le Place d’Armes, Luxemburgo
Melhor Resort: Baglioni Resort Maldives, Ilha Maagau, Maldivas
Melhor site de hotel: Villa Clarisse & Spa by Api & You, França
Melhor ambiente de hotel: Pullman Timi Ama, Villasimius, Sardenha, Itália
Melhor Serviço em um Hotel: Sofitel Legend The Grand Amsterdam, Holanda
Melhor Spa e Wellness: Le Parc Hotel Obernai & Yonaguni Spa, França
Melhor Design e Arquitetura de Hotel: Fairmont Baku Flame Towers, Barry Hughes (HOK International), Azerbaijão

Vencedores dos dez prêmios clássicos:

Melhor Hotel para Crianças: Forte Village Resort, Sardenha, Itália
Melhor Café da Manhã em Hotel: Ultima Gstaad, Suíça
Melhor Universo Artístico em Hotel: The Langham, Boston, EUA
Melhor Terraço de Hotel: Lotte Hotel Sao Petersburgo, Rússia
Melhor Piscina de Hotel: The Mulia, Mulia Resort & Villas, Bali, Indonésia
Melhor Hotel Vineyard: Hotel & Restaurant Lalique – Château Lafaurie-Peyraguey, França
Melhor Suíte de Hotel: The Chedi Andermatt, Suíça
Melhor Bar de Hotel: InterContinental Lyon – Hôtel Dieu, França
Melhor Hotel Ecológico: Hôtel Metrópole Monte-Carlo, Principado de Mônaco
Melhor Criatividade em Hotel: Château de la Resle, Montigny-la-Resle, França

A partir dessa 19a edição, o Prix Villégiature aumentou o espectro de países que podem concorrer às suas categorias, incluindo o Brasil e as Américas. Em 2022, a categoria Grand Prix Melhor Restaurante de Hotel voltará a fazer parte da lista de premiações (ela foi cancelada esse ano devido ao fechamento de restaurantes por conta da pandemia).