Hotel La Sivolière – Foto: Divulgação

Bazaar elenca três bons motivos para aproveitar a temporada de inverno no La Sivolière, um dos endereços mais intimistas da estação de ski francesa.

Foco na sustentabilidade

Hotel La Sivolière – Foto: Divulgação

Suas 35 acomodações, entre quartos, suítes e apartamentos especialmente desenhados para famílias, foram totalmente renovadas em um estilo alpino contemporâneo. Durante a reforma no hotel, foram instalados equipamentos que economizam água em todos os quartos e suítes, e nas áreas comuns. A madeira nas paredes de todas as acomodações foi reutilizada. As colchas das camas são feitas de fibras de madeira ao invés de algodão, o que permite economizar água. Na lavanderia, o hotel usa produtos com “ecolabel”, e todas as lâmpadas usadas em toda a estrutura hoteleira são de LED. Além disso, o restaurante Le 1850 e o spa Odacité têm proposta orgânica e sustentável.

O novo chef do Le 1850

Hotel La Sivolière – Foto: Divulgação

Ingredientes orgânicos e de produtores locais são prioridade no Le 1850. Alguns exemplos? Ovos orgânicos da Savóia e carne de porco da fazenda local Venthon. Quem assina o menu do tradicional restô é o novo chef Vivien Weissenbacher, nativo da região do Loire e atento às tradições locais. Para ele, os molhos e a qualidade dos ingredientes valem tudo. Todas as terças-feiras, há fondues e raclettes feitos com queijos de Emily Roux e Bernard Chardon, fazendeiros em Courchevel. Refletindo a imagem do La Sivolière há muitos anos, o restaurante está ainda mais aconchegante nesta temporada, como uma sala de jantar de um amigo onde todos se encontram antes e depois do ski. Outro destaque: seguindo a tendência da customização, hóspedes ganham um prato personalizado, criado especialmente pelo chef Vivien Weissenbacher.

Um spa dos sonhos

Hotel La Sivolière – Foto: Divulgação

Odacité, a marca parceira no spa, é líder em tecnologia verde. Combina o savoir-faire francês com a pesquisa californiana e trabalha exclusivamente com cosméticos orgânicos. As fórmulas são livres de parabenos, petroquímicos e outros ingredientes prejudiciais. As moléculas são extraídas de produtos naturais cultivados em locais sem poluição.