Maria Baibakova diante de uma pintura de Richard Prince da série “Monochromatic Jokes”. Vestido Donna Karan New York. Sapatos Giorgio Armani. Joias do acervo pessoal de Maria em todas as páginas - Foto: reprodução/Christopher Sturman/Harper's Bazaar
Maria Baibakova diante de uma pintura de Richard Prince da série “Monochromatic Jokes”. Vestido Donna Karan New York. Sapatos Giorgio Armani. Joias do acervo pessoal de Maria em todas as páginas – Foto: reprodução/Christopher Sturman/Harper’s Bazaar

Por Sara Medford, com fotos de Christopher Sturman e edição de moda de Ekaterina Mukhina

São sete horas de uma noite chuvosa em Miami. Uma fila de convidados se estende diante do elevador de um luxuoso complexo de apartamentos em frente ao mar. Estão todos animados, ansiosos, e o clima se justifica: Maria Baibakova está na Flórida para participar da edição da feira Art Basel realizada em Miami Beach, e vai dar aos amigos a oportunidade de espiar sua atualíssima coleção de arte.

O acervo inclui obras de John Baldessari, Tracey Emin, Richard Prince e Andreas Gursky, entre outros. Na sala, só se fala no mais recente feito da jovem russa: a compra de um imenso óleo sobre tela da dupla Allora & Calzadilla, e o transporte de dentro da feira para a parede do apartamento, em questão de horas.

Sala de jantar com fotografia de Andreas Gursky e escultura de Franz West - Foto: reprodução/Christopher Sturman/Harper's Bazaar
Sala de jantar com fotografia de Andreas Gursky e escultura de Franz West – Foto: reprodução/Christopher Sturman/Harper’s Bazaar

Maria veste um par de Louboutins em tom nude e um vestido preto Stella McCartney que deixa as costas à mostra (seus estilistas preferidos incluem “Stella, Phoebe Philo e Azzedine Alaïa, porque entendem o corpo da mulher”). Aos 27 anos, ela circula por universos tão coloridos quanto as joias grandes e ousadas e os lenços russos que adora colecionar: Maria vive entre Moscou, Nova York, Miami e Cambridge, Massachusetts, onde está terminando um MBA na Harvard Business School.

Maria com sua mais recente aquisição, uma obra de Allora & Calzadilla. Vestido Vera Wang Collection. Sapatos Christian Louboutin - Foto: reprodução/Christopher Sturman/Harper's Bazaar
Maria com sua mais recente aquisição, uma obra de Allora & Calzadilla. Vestido Vera Wang Collection. Sapatos Christian Louboutin – Foto: reprodução/Christopher Sturman/Harper’s Bazaar

Nascida em Moscou, Maria morou na capital russa até os 10 anos de idade. Lá, passou de um apartamento que dividia com outras famílias para uma vida de relativo conforto, à medida que o pai, Oleg Baibakov (um executivo do setor de mineração), começou a ascender para a oligarquia local. Quando a família se mudou para Fort Lee, New Jersey, Maria tinha tudo para se tornar uma menina burguesa, típica dos afluentes subúrbios americanos: ela estava se transformando numa filha de bilionário.

Maria poderia ter tido uma vida qualquer, ter se limitado ao status quo”, diz a amiga Yvonne Force Villareal, cofundadora do Art Production Fund, de Nova York. “Mas tomou um rumo completamente diferente e deu apoio a inovações artísticas de grande importância. É uma pessoa muito exigente consigo mesma.”

Fotografia de John Baldessari e escultura de Franz West. Vestido Derek Lam. Sapatos Giorgio Armani - Foto: reprodução/Christopher Sturman/Harper's Bazaar
Fotografia de John Baldessari e escultura de Franz West. Vestido Derek Lam. Sapatos Giorgio Armani – Foto: reprodução/Christopher Sturman/Harper’s Bazaar

Esse grau de exigência inclui a conquista de diplomas impressionantes: Maria é formada em História da Arte pelo Barnard College, de Nova York, e pelo Courtauld Institute of Art, de Londres – e há ainda, é claro, o MBA que ela está prestes a concluir. A russa conta que sempre teve uma curiosidade voraz. “A cada semana queria fazer uma coisa diferente. Meus pais ficavam malucos”, conta ela em um inglês em que mal se nota um leve sotaque.

Maria está determinada a estimular o intercâmbio entre suas comunidades artísticas com educação, comercialização – e, logicamente, festas. “Precisava de um contexto, e agora já tenho isso”, diz. “Queremos nos sentir responsáveis por alguma coisa na vida. Faz parte da natureza humana.”

Assine a Harper’s Bazaar Brasil