A Fashionable Life: um giro pelo apê de Alexia Hentsch em São Paulo
Alexia Hentsch usa vestido de sua marca, à venda na Pinga, colar Ana Duque, brincos Pinga e tênis Nike – Foto: Christian Maldonado, styling por Larissa Romano e beleza por Bruno Cézar

Por Patricia Carta, com fotos de Christian Maldonado, styling por Larissa Romano e beleza por Bruno Cézar

Alexia Hentsch, nascida no Brasil e criada em Genève, filha de pai suíço e de mãe carioca, instalou-se em São Paulo há um ano, depois de ter vivido 18 em Londres, onde fez bastante sucesso com sua marca masculina, Hentsch Man, fechada em 2015. Convidada para fazer o figurino de abertura e de encerramento das Olimpíadas, veio para o Rio de Janeiro em 2016, e começou o vai e vem entre cá e lá.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

A Fashionable Life: um giro pelo apê de Alexia Hentsch em São Paulo
Detalhe de suas peças-desejo – Foto: Christian Maldonado, styling por Larissa Romano e beleza por Bruno Cézar

Um par de anos depois, lançou uma marca carnavalesca, que leva seu nome. Adereços de cabeça maximalistas e floridos, e bodies de tule com estrelas, flores, bocas e afins em tecidos luminosos aplicados estrategicamente, apenas para cobrir o mínimo, foram um estouro nas avenidas, bloquinhos e shows. Chegou a vendê-los fora, até para Bergdorf Goodman, em Nova York. Inclusive, fez uma coleção para a Browns, de Londres.

A Fashionable Life: um giro pelo apê de Alexia Hentsch em São Paulo
Bolsa Laura Cangussu – Foto: Christian Maldonado, styling por Larissa Romano e beleza por Bruno Cézar

“Só substituí o tecido luminoso por veludo, para dar um ar mais europeu”, conta a estilista, que tem feito collabs com marcas nacionais. Está à venda na Loungerie uma coleção de nove peças. “Inicialmente, era para ser de Carnaval, mas virou de pijamas e underwear, com estampas de bocas e corações. Um traço meio infantil, bem a minha cara”, define.

A Fashionable Life: um giro pelo apê de Alexia Hentsch em São Paulo
Conjunto Alexia Hentsch na Pinga, colar Paola de Orleans e Bragança e tênis Nike – Foto: Christian Maldonado, styling por Larissa Romano e beleza por Bruno Cézar

Além das collabs sistemáticas com a Farm, iniciou, há pouco, uma com a Pinga, butique de marcas cool em São Paulo. Essa primeira (vem mais por aí!), é composta por oito looks bem coloridos, com ares sessentistas, em que o babado é o fio condutor. Mas, babado mesmo é sua mais recente coleção autoral, que está prestes a ser lançada. Essa não está à venda. As roupas compõem seu acervo e podem ser alugadas ou emprestadas para amigas. A coleção se mantém próxima à estética de Almodóvar, além de ter um quê de Carmen Miranda made in Europe.

A Fashionable Life: um giro pelo apê de Alexia Hentsch em São Paulo
Detalhe da sala de estar – Foto: Christian Maldonado, styling por Larissa Romano e beleza por Bruno Cézar

Alexia, à primeira vista, passa um estilo que vai do básico desencanado ao clássico despretensioso. Porém, exuberâncias e excentricidades transpassam sua elegância enganosamente discreta, e provocam uma segunda leitura sobre a designer gráfica, formada em Rhode Island School of Design (RISD). Afinal, Alexia adora barroquismos, artesanato, folclore, o kitsch, o camp, móveis brasileiros modernistas e design em geral, claro.

A Fashionable Life: um giro pelo apê de Alexia Hentsch em São Paulo
Óculos Gustavo Eyewear – Foto: Christian Maldonado, styling por Larissa Romano e beleza por Bruno Cézar

O conhecimento de moda, domínio de técnicas e precisão, transformam materiais inusitados e improváveis em looks desejáveis, de acabamento primoroso. Por exemplo, uma camisa de perfex, com direito a jabot (pensou em Saint Laurent? Acertou), foi fruto da falta de possibilidade de viajar por aí em busca de inspiração. Garimpou em feiras de rua mesmo, e, a partir daí, vassouras, toalhas e afins deram vida a surpreendentes acessórios e roupas de luxo.

A Fashionable Life: um giro pelo apê de Alexia Hentsch em São Paulo
Vestido Alexia Hentsch na Pinga e colar Pinga – Foto: Christian Maldonado, styling por Larissa Romano e beleza por Bruno Cézar

Apesar do deboche, porém, seguido com rigor, o resultado é um vintage-contemporâneo de primeira. Assim como o apartamento do marido, no edifício Louveira, um dos prédios-ícone da cidade, de Vilanova Artigas, construído em 1950, em Higienópolis, onde ela mora desde o começo da pandemia.

A Fashionable Life: um giro pelo apê de Alexia Hentsch em São Paulo
O apê, em prédio assinado por Vilanova Artigas, dos anos 1950 – Foto: Christian Maldonado, styling por Larissa Romano e beleza por Bruno Cézar

Alexia confessa que não tem muito sentido de proporção e não resiste a peças-desejo. Seja um objeto, móvel ou lustre. Recentemente, comprou uma “cadeira-trono” do Vavan, artesão da Ilha do Ferro, cheia de referências, que logo identificou com seus adereços de cabeça. Um pouco grande demais para o apê atual, assim como o lustre de palha que chegou do Nordeste e que segue embrulhado por essa razão.

A Fashionable Life: um giro pelo apê de Alexia Hentsch em São Paulo
Vestido Alexia Hentsch na Pinga, óculos Gustavo Eyewear e tênis Superga – Foto: Christian Maldonado, styling por Larissa Romano e beleza por Bruno Cézar

Mas a solução é muito simples. Basta trocar de endereço. Em breve, o casal muda para outro apê assinado, na mesma região, onde caberão todos os móveis e o ateliê de Alexia. O marido, Arturo Isola, arquiteto de formação, tem um gosto mais minimalista, o que dá um bom mix. E de mix, Arturo entende bem. Faz diversos com o gim Amazzoni, que produz no Brasil e foi eleito o melhor do mundo, em 2018. Neste ano, a destilaria é que levou o prêmio, ambos do World Sipirit Award. Em suma, seguem embriagados por estilo e diversão. Cheers!

A Fashionable Life: um giro pelo apê de Alexia Hentsch em São PauloO décor com móveis brasileiros moderninstas – Foto: Christian Maldonado, styling por Larissa Romano e beleza por Bruno Cézar