Por Ana Carolina Soares

Você também às vezes tem vontade de deletar sua conta nas redes sociais e se mudar para o interior da Croácia, sem a menor paciência para os tantos posts tóxicos na sua timeline?

Volta e meia faço uma faxina nas minhas contas. Postou fake news, alguma mensagem intolerante ou preconceituosa? Sinto muito, mas não serve para ser meu amigo. Em tudo na vida, troco quantidade por qualidade.

Nessa, já limei um monte de “parentes do pavê” (sabe aqueles familiares que insistem em piadinhas idiotas?) e influencers com milhões de seguidores que forçam a barra na “felicidade fake”.

Em compensação, tem uns perfis muito bacanas. Às vezes, você está num dilema, brigou com o namorado, o espelho não anda bonzinho com você ou simplesmente buscando algum “veneno antimonotonia” para animar o relacionamento e aí surge na sua timeline e-xa-ta-men-te a resposta que você buscava. Ou uma ideia muito maravilhosa que enche seu dia de ânimo e curiosidade.

O Instagram tem sim suas fadas e as “varinhas de condão” aparecem na forma de posts. Abaixo, uma mulherada maravilhosa para você seguir e ter ideias, esclarecimentos, além daquela injeção de ânimo.

Você pode se perguntar agora? Puxa, mas por que só tem estrangeira nessa lista? Obviamente há um timão de brasileiras poderosas, mas cada uma delas merece um dia, aparecer em posts solo 😉

Por ora, seguem as gringas fantásticas. Começo a lista por quem mais me inspira:

Alix Fox

Educadora sexual, inclusive, consultora da série “Sex Education”, da Netflix. Lembra a importância da mulherada descolar um tempo para elas mesmas — mesmo durante a quarentena. Além de sacadas engraçadas em perguntas e respostas como “Quantas calorias uma transa pode queimar? Mas Quem se importa com isso?! Faço sexo para curtir o momento, não poluir isso com pensamentos que remetem à vergonha do corpo, um contador de energia, algo que não tenho a menor paciência para essa bobagem”

Foto: Reprodução/Instagram

Erika Lust

Ela dirige filmes pornográficos protagonizados por mulheres. Vale a pena espiar a plataforma de vídeos dela. Mas se você ainda não tem coragem, siga a moça pelo menos no Instagram 😉 Lá, posta os teasers (mas nada explícito para não ferir as regras da rede social), além de reflexões ótimas, como a sexualidade ao enfrentar um problema de saúde.

Foto: Reprodução/Instagram

Avril Louise Clarke

Uma das idealizadoras do projeto online “The Porn Conversation”, prega a importância da educação sexual, além de conceitos sobre amores tóxicos, como “Mulheres não são o Centro de Reabilitação dos Homens”.

Foto: Reprodução/Instagram

Cara Kovacs

“Você não pode perder o que não é seu”, “Esse corpo é o vaso que aprendi a confiar” ou “Confio que Meu coração sabe a profunda sabedoria que minha mente não consegue sentir hoje”. Mensagens assim pipocam na timeline dos seguidores da sex coach, também “sacerdotisa” da beleza real. Cara também tem uma campanha sobre “date consciente” 🙂

Foto: Reprodução/Instagram

Sassy Late

Negra, não-binária e obesa, Sassy fez um Instagram dedicado a valorizar as minorias. Volta e meia posa nua, em fotos lindas, além de textos para lembrar a quente de valores como “corpos negros contém inteligência, experiências, alegrias (…) liderança, resiliança, visibilidade e importam”.

Foto: Reprodução/Instagram

Kali Sudhra

Na indústria pornográfica, infelizmente a mulher aparece na maior parte dos filmes como um mero objeto. É normal as atrizes até se doparem para aguentarem práticas obviamente doloridas, além de se transformarem na “sexy Barbie”, colocando peito, silicone, boca e até reconstruindo vagina… Não por gosto, mas para se encaixarem num padrão.

Kali vai na contramão de tudo isso: uma das musas de Erika Lust, tá na cara que ama sua profissão. No Instagram, exibe seu corpão naturalmente maravilhoso, especialmente por dar uma bica nos “padrões”, com o peito meio caído, algumas celulites e extremamente sexy. Além disso, fala sobre prazer feminino e ejaculação das mulheres, com dicas práticas.

Foto: Reprodução/Instagram

Sabrina Brugmann

Ilustradora feminista com traços incríveis que apresenta frases inspiradoras como “Pare de dizer ‘sim’ a porcarias que você detesta”, “Confie nos seus sentimentos” e “Não estou te paquerando” (para ilustrar uma sexy girl).

Foto: Reprodução/Instagram

Bitch Media

Um coletivo feminista, reveza seus posts entre a luta por direitos iguais e dicas de sex toys.

@anacarolcsoares Jornalista desde 1994, ganhou prêmios e passou por grandes veículos de comunicação, trabalhando como repórter, editora, colunista e PR. É muito feliz também em cursos de tantra, fez mais de dez e até tirou certificado de terapeuta tântrica com Gilson Nakamura em janeiro de 2019, no método Deva Nishok. Dona de cachos assumidos e ama escrever sobre sexo, como a musa Carrie Bradshaw 🙂