Casal na praia – Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Por Ana Carolina Soares

Os primeiros dias de janeiro são conhecidos como o tempo universal para tirar os novos planos do papel. Nessa época, tem gente que inicia uma dieta, matricula-se em uma nova escola, na academia e/ou busca um novo emprego. Muita gente do time dos “sem par”, decide “colocar a fila para andar” como uma meta de início de ano.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

O termo Dating Sunday surgiu em 2016, quando executivos de aplicativos de namoro perceberam um boom de usuários bem nessa época.

Normalmente comemorado no primeiro domingo do ano, em 2022, a data coincide com o feriado do Réveillon, em que muita gente viaja com família, amigos e deixa um pouco a caça aos dates no app de lado. Por isso, excepcionalmente neste ano, a data deverá ocorrer neste domingo (09.12).

No Dating Sunday, o OkCupid normalmente vê um aumento de 70% na atividade dos usuários. Tinder estima que 10% de todos os matches de janeiro se concentram nessa mesma data. Mais especificamente, entre 19h e 22h da noite nesta data. A estimativa mais otimista vem do Inner Circle: um crescimento de 120% de novos membros criando perfis no app.

São números tão expressivos que, em 2020, Rachel DeAlto, apresentadora de programas de namoro nos Estados Unidos, definiu a data como o “Super Bowl de aplicativos de namoro”.

David Vermeulen, CEO e fundador do Inner Circle, diz: “Não há dúvida de que a variante Omicron afetará o Dating Sunday em 2022, mas não irá cancelá-lo. Esperamos que os solteiros aproveitem o Ano Novo com suas famílias e amigos, e, portanto, veremos o aumento de novos membros e atividades acontecerem no segundo domingo de janeiro, ao invés do primeiro”.

O time do Inner Circle dá cinco dicas para aproveitar este domingão:

Seja direto

As pessoas que deixam claro o que não querem em um parceiro em seu perfil têm 93% a mais de matches do que aquelas que não especificam. Comece o seu ano com o pé direito e diga o que você procura.

Tenha dates com propósito

A pandemia incentivou encontros muito mais simples nos últimos tempos, como passeios no parque, piqueniques e outras atividades ao ar livre. Em 2021, houve um aumento no número de pessoas que desejam encontrar parceiros interessados em causas sociais, atividades eco-friendly e alimentação vegetariana. Este ano, porque não evitar os encontros mornos e tentar uma combinação de paquerar e retribuir à sociedade, contribuindo de forma mais positiva para o nosso mundo – seja recolhendo lixo, plantando árvores ou fazendo trabalho voluntário.

Honestidade é o melhor caminho

Seja honesto sobre o que você quer desde o início. Vimos um grande aumento nas conversas sobre consentimento nos últimos anos, acelerado pelos efeitos do Me Too e da Covid-19 sobre os limites físicos. Há também uma abertura crescente em relação às expectativas, à medida que pessoas de todas as identidades de gênero, sexualidades e preferências tornam-se mais confiantes de que podem se expressar. Em 2022, as pessoas não terão medo de ser quem querem ser, dizer o que querem e o que não querem. Você também não deve ter!

Seja ativo aos domingos

Embora o Dating Sunday seja o dia mais movimentado para aplicativos de relacionamento, os domingos também são os melhores dias para paquerar durante todo o ano. Aproveite ao máximo o pico de atividade e entre no app das 20h às 22h para aumentar suas chances de conseguir um encontro.

Política pacífica

Em um mundo onde vacina, lockdown e a política em geral dividem as pessoas e tornam mais difícil aceitar pontos de vista diferentes, a paquera também é afetada. Percebemos que as inclinações políticas das pessoas estão cada vez mais claras e se tornando mais importantes para definir se alguém deve ou não continuar uma conversa. Como esses pontos de vista são valores importantes que você deve conhecer em um parceiro em potencial, seja honesto sobre o que você pensa.

@anacarolcsoares é jornalista desde 1994, ganhou prêmios e passou por grandes veículos de comunicação, trabalhando como repórter, editora, colunista e PR. É muito feliz também em cursos de tantra, fez mais de dez e até tirou certificado de terapeuta tântrica com Gilson Nakamura em janeiro de 2019, no método Deva Nishok. Dona de cachos assumidos e ama escrever sobre sexo, como a musa Carrie Bradshaw.