Étnica: Tina usa vestido DVF, R$ 2.400, colar comprado no Himalaia e anel de Marrakesh - Foto: Erico Toscano
Étnica: Tina usa vestido DVF, R$ 2.400, colar comprado no Himalaia e anel de Marrakesh – Foto: Erico Toscano

Por Ligia Carvalhosa

“Trabalho, vivo e respiro hotelaria e turismo há mais de 15 anos e sentia falta do luxo customizado, focado em experiências únicas”, conta Tina Lyra, executiva que vem revolucionando o mercado de hotelaria com sua TL Portfolio, empresa de representação, branding e relações públicas focada em um nicho exclusivíssimo do segmento. pense em destinos pouco óbvios, como Soneva Kiri, na ilha de Koh Kood, a uma hora da Tailâdia, ou Goldeneye, na Jamaica, propriedade de Chris blackwell, que pertenceu a Ian Fleming, criador de 007.

Formada em hotelaria na escola Les Roches, na Suíça, a brasileira traz no currículo nomes como Ritz Carlton, Hyatt e Four Seasons. “Trabalhar nas grandes bandeiras foi uma extensão da minha formação, mas minha trajetória me fez buscar pelo luxo embalado em porções menores, proposta que encontrei nos hotéis butiques, em que o dono tem influência na estada e convida o hóspede a fazer parte de sua vivência – é focado na pessoa, não no produto.” Na prática, Tina voltou para o Brasil em 2008 para assumir a direção do Ponta dos Ganchos, em Florianópolis.

Dois anos depois, sentiu a necessidade de unir suas vivências e expertise em um próprio negócio. Montou, então, um business que fala a sua língua – é moderno, focado em pessoas e apaixonado pelo novo. suas ideias e ideais, aliás, atravessam o profissional e invadem seu closet. Em seu armário só entram peças garimpadas ao redor do globo, como o colar comprado no Himalaia que usa nesta foto.