Brigitte Bardot em Viva Maria!, 1965 - Foto: Reprodução/IMDb
Brigitte Bardot em Viva Maria!, 1965 – Foto: Reprodução/IMDb

Musa dos anos 1950, Brigitte Bardot completa 84 anos nesta sexta-feira (28.09). Ícone do cinema, Brigitte foi um statement de beleza com suas curvas e seu estilo sensual. Escandalosa com sua atuação, a atriz e dançarina aparecia quase nua em seus trabalhos, chocando o mundo conservador da época.

Para homenagear a francesa, Bazaar elegeu cinco momentos do cinema em que deixou o público boquiaberto. Veja a seguir:

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM 

E Deus Criou a Mulher, 1954 - Foto: Reprodução/Youtube
E Deus Criou a Mulher, 1954 – Foto: Reprodução/Youtube
E Deus Criou a Mulher, 1954 - Foto: Reprodução/Youtube
E Deus Criou a Mulher, 1954 – Foto: Reprodução/Youtube
E Deus Criou a Mulher, 1954 - Foto: Reprodução/Youtube
E Deus Criou a Mulher, 1954 – Foto: Reprodução/Youtube

Em 1954, Brigitte Bardot fez tanto sucesso em “E Deus Criou a Mulher”, que a frase “E Deus Criou a Mulher… mas o diabo inventou Brigitte Bardot!” foi criada a partir de sua sensualidade apresentada no filme.

O Príncipe e a Parisiense, 1957 - Foto: Reprodução/Youtube
O Príncipe e a Parisiense, 1957 – Foto: Reprodução/IMDb
O Príncipe e a Parisiense, 1957 - Foto: Reprodução/IMDb
O Príncipe e a Parisiense, 1957 – Foto: Reprodução/IMDb

Em “O Príncipe e a Parisiense”, a atriz aparece em cena dentro da banheira, e exibe suas pernas. A produção é de 1957.

Amar é minha profissão, 1958 - Foto: Reprodução/IMDb
Amar é minha profissão, 1958 – Foto: Reprodução/IMDb
Amar é minha profissão, 1958 - Foto: Reprodução/IMDb
Amar é minha profissão, 1958 – Foto: Reprodução/IMDb

Em 1958, Brigitte fez até uma cena de cinta-liga, um escândalo para a época.

O Desprezo, 1963 - Foto: Reprodução/IMDb
O Desprezo, 1963 – Foto: Reprodução/IMDb

De toalha, em “O Desprezo”, dirigido por Jean-Luc Godard, Brigitte Bardot aparece deitada em uma cama falando ao telefone, em 1963.

Les Femmes, 1969 - Foto: Reprodução/IMDb
Les Femmes, 1969 – Foto: Reprodução/IMDb

E em 1969, apareceu nua em “Les Femmes”, ao lado de Maurice Ronet.

Leia mais:
Twiggy: a primeira top model que conquistou a moda
Yves Saint Laurent e seu legado na moda
Pierre Cardin e Olivier Roustieng ganham documentários em 2019