Bruna Tenório no desfile da Pat Pats - Foto: Agência Fotosite
Bruna Tenório no desfile da Pat Pats – Foto: Agência Fotosite

Por Camilla Bello

Nesta quinta-feira (06.11), Bazaar encontrou com a querida! Bruna Tenório pelos backstages do São Paulo Fashion Week, e aproveitamos para bater um papo descontraído com a top alagoana.

Morando atualmente em Nova York, ela não ficará muito tempo em solo brasileiro, pois volta aos EUA já no próximo dia 10 de novembro, onde fará um novo trabalho para a linha Black Label da Ralph Lauren.

A top prometeu boas surpresas para muito em breve. Uma dica para as leitoras da Bazaar? “É totalmente diferente do que eu venho fazendo. Vou colocar um pezinho em outra vertente.”

Harper´s Bazaar – Onde vai passar Réveillon?
Bruna Tenório – Eu queria muito voltar pro Brasil, mas acabei pegando um trabalho para o dia 22 de dezembro e também para o dia 03 de janeiro. O ano começa cedo para mim, e ficaria muito em cima pra vir pra cá. Então acabei decidindo ir para Miami com o namorado. Vamos ficar 10 dias por lá e aproveitar um pouco as férias.

HB – Música ou banda que não sai do repeat no iPod e que te faz querer dançar?
BT – Rude, da banda Magic! Eu os adoro! Sou viciada e escuto todo dia. É superrelaxante!

HB – Um livro de cabeceira?
BT – Acabei de ler Fim, de Fernanda Torres. Achei superbem escrito!

HB – O que não pode faltar na sua mala de verão? Além de protetor solar, claro!
BT – Sabia que eu uso protetor solar no inverno? E até para fotos em estúdio? É uma forma de proteger minha pele de qualquer coisa. O meu preferido é o da Cetaphil, fator 40. Além do protetor, gosto muito do Surf Spray da Bumble and Bumble. Que deixa os cabelos com ondas de aspecto praieiro supernaturais.

HB – Um produto recém-descoberto, que virou item indispensável no seu nécessaire?
BT – O sérum All About Eyes da Clinique. É um roll-on para olheiras e bolsinhas nos olhos. Tenho o hábito de deixa-lo na geladeira e, de manhã, antes de ir para o trabalho, eu passo o protetor solar e ele em seguida. Acabei de descobrir, e é o que mais funciona para mim.

HB – Qual das últimas tendências das passarelas você vai levar para a vida real?
BT – Eu acho que as últimas temporadas tem trazido uma moda muito mais usável. Dá para pegar o look pronto da passarela e sair nas ruas. Está tudo mais normal e comum. Eu estou gostando desse momento da moda sem muita “montação”. Combina bastante comigo.

HB – E qual você não usaria de jeito nenhum?
BT – Eu não digo que nunca usaria, mas, embora eu goste muito dessa tendência de mostrar um pouco a barriga, eu não me sinto confortável mostrando o umbigo. Top cropped com calça cintura alta é o ideal para mim.

HB – Como você decide os looks que vai usar? Passa muito tempo pensando ou é mais prática? E o que você pensa a respeito das fashion victims?
BT – Ah, eu sempre decido de última hora o que vou vestir. Vai de acordo com o meu humor do dia. Para a semana de moda eu gosto de me preocupar um pouco com o que vou usar porque as pessoas olharão mais pra mim. Ainda assim não sou de me montar muito. Mas o legal da moda é que cada um se expressar do jeito que gosta. Moda é isso: diversão! Eu acho melhor você ter um estilo do que não ter. E aí acaba virando vítima e não usar a moda ao seu favor. Sabe?

HB – E os tênis? Bazaar sabe que você adora!
BT – Amo! Há cinco anos eu comprei vários da Adidas, quando cheguei em NY, porque achava superlegal. Logo depois saiu de moda e eu tive que aposentar tudo. Agora eu estou usando todos! E todo mundo me pergunta de onde são. Adoro que a moda é cíclica! Nunca me desfaço de nada.