Diretamente de Cannes, nossa colaboradora Paula Saady revela todos os highlights do festival de Cannes, que aconteceu até domingo (22.05). Idealizadora do blog Paris Me Chama, a carioca, radicada em Paris, também já deu dicas do que fazer no balneário francês aqui. Veja o que ela contou sobre o evento de cinema!

Joia Samantha Willis e clutch Carmen Steffens -Foto: divulgação

Joia Samantha Willis e clutch Carmen Steffens -Foto: divulgação

amfAR
Não é a toa que o gala da amfAR é considerado por muitos o clímax do Festival de Cannes. Realizado no Hotel Cap du Eden Roc, o mais lindo da Côte D’azur na opinião de muitos, o evento é sempre uma noite mágica, que reúne celebridades do mundo inteiro e looks de arrasar. A festa desse ano tinha um clima artsy, pois foi decorada pelo coletivo de LA, Friends with You, que fez uma coleção-cápsula com a Moncler, principal patrocinadora da noite. Na sequência, o after party  aconteceu na Villa do Leonardo Di Caprio, que fica próxima ao Hotel e foi o destino de quem ainda tinha disposição.

Para essa noite, apostei em um vestido de designer francês Christopher Guillarme, e sapatos e clutch Carmen Steffens. Os outros acessórios foram da Samantha Willis. A beleza ficou com a equipe da Make Up Forever em Cannes e o cabelo com o top Eros Giulianni, que faz várias celebs no festival e é o cabeleireiro da Paris Hilton.

Paula no amfAR - Foto: divulgação
Paula no amfAR – Foto: divulgação

Let’s Party
Club By Albane e o La Mano foram os lugares mais certeiros para quem queria curtir a noite de Cannes nessa temporada. O primeiro é um clássico com a maior densidade de estrelas por metro quadrado e fica no terraço do Hotel Marriot – como a lista é super seleta e recheada de artistas de Hollywood, as selfies e Instagrams não são muito bem vistos. É com certeza uma das festas mais difíceis acesso em Cannes.

Outro lugar super cool é o La Mano. Localizado no Hotel boutique 3.14, o espaço teve sua estreia no festival. Música latina, público jovem e muito animado são garantia. É O local se quiser dançar até o sol nascer.

Um dos lugares cool m Cannes, o La Mano - Foto: divulgação
Um dos lugares cool m Cannes, o La Mano – Foto: divulgação

Cool
Projeto da RP de luxo Sandra Zeitun, a suite Sandra et Coum é um terraço à beira de croisette que reuniu a nata do cinema francês e europeu. Lá foi o point dos descolados parisienses e foi também onde aconteceu a estreia do filme Julieta, de Pedro Almodóvar (um dos meus filmes preferidos). A festa Let’s all Connect,em que centenas de pessoas deram as mãos em prol da paz no mundo, também rolou por lá.

Paula no local que fez o cabelo com Eros Giulianni -  Foto: divulgação
Paula no local que fez o cabelo com Eros Giulianni – Foto: divulgação

Vintage
Fiquei impressionada com os locais que têm artigos de luxo vintage. Logo atrás do Hotel Carlton, tem vários! O que eu mais amei foi o Contrapartie, por sua seleção de bolsas Chanel. Comprei um short cintura alta Jean Paul Gaultier, que vai ser o look da Riviera Francesa esse ano.

Democrático
Descobri duas coisas interessantes sobre o Festival. Em todos os filmes a prefeitura de Cannes sorteia alguns convites entre os habitantes da cidade. E, todo ano, três escolas do ensino médio do país são convidadas para o Festival. É uma ação do governo para proporcionar um contato próximo à industria do cinema e eventualmente descobrir novos talentos.

A Foto clássica
Todas tiram foto na escada art déco do Hotel Martinez. Estrelas e anônimas querem eternizar um momento na escada mais vista nas redes sociais e revistas. É também no Martinez que ficam as embaixadoras da L’Oreal e as suítes da joalheiras De Grisogono e Chopard.

Cinema na praia em Cannes - Foto: divulgação
Cinema na praia em Cannes – Foto: divulgação

Filmes Femininos

Da competição principal, assisti, além do Aquarius, que teve a Sonia Braga no papel principal, o filme Persona Shopper, de Olivier Assayas com Kristen Stewart. Também pude conferir Elle, de Paul Verhoeven com Isabelle HuppertJulietta do Almodovar, e Neon Demon, de Nicolas Winding Refn (o mesmo do Drive), com a Elle Fanning.

No Cannes Classics, uma seleção de filmes antigos, teve o documentário  E Hollywood criou a mulher sobre a presença feminina nos primórdios de Hollywood.

Em uma análise rápida, percebi que os cinco filmes tratam do universo feminino. Evolução pessoal, solidão, amor e muitas reflexões sutis sobre o papel da mulher na sociedade. Filmes feministas? Não necessariamente, mas com olhares diversos sobre as questões e impasses que nós mulheres estamos expostas no dia a dia.

O que eu mais chorei: Julieta
O mais visual: Neon Demon
O mais moderno: Personal Shopper
O mais político: Aquarius
O mais feminista: Elle

Paula na festa da De Grisogono - Foto: divulgação

 

Tendências red carpet

Slip dress, vestidos nudes, muita transparência e rendas pretas, fenda nas pernas, vestidos com recortes e segunda pele; daqueles que parece que você está nua por dentro. Achei os looks bem mais gráficos dessa vez e menos com cara de “princesa”.

Paula no Armani Café - Foto: divulgação
Paula no Armani Café – Foto: divulgação

Meu point

O Armani Café fica no meio da Croisette. Um pouco recuado, tem ótimos cocktails e a relação custo benefício para almoço foi a melhor do festival.

Melhor vista da cidade

A praia Majestic fica bem perto do Palais des Festival e tem a melhor vista de Cannes.

Paula nas ruas de Cannes - Foto: divulgação
Paula nas ruas de Cannes – Foto: divulgação