Carolina Andraus - Os benefícios de uma rotina de sono de qualidade
Foto: Getty Images

Por Carolina Andraus

Necessidade física absoluta, perdendo apenas para a respiração, o sono é um dos grandes responsáveis pela manutenção de todo o nosso sistema neurológico, imunológico, de renovação celular e regenerativo. Estudos recentes mostram que durante o sono, nosso sistema linfático inunda nosso cérebro, promovendo uma limpeza profunda. Para que isto aconteça, as nossas células cerebrais passam por um processo de encolhimento, abrindo espaço para que esse fluido cérebro-espinhal lave nossas células – processo que acontece até vinte vezes mais rápido quando estamos em sono profundo, comparado com quando estamos acordados.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Esse processo mais eficiente, durante o sono profundo, demanda um grande fluxo sanguíneo para acompanhar essa limpeza restaurativa e, assim, passamos a entender porque é muito mais saudável jantar cedo e evitar dormir enquanto ainda estamos fazendo a digestão. Uma completa descrição e análise desse processo está no livro de Steven Gundry, o “Paradoxo da Longevidade”, parte da lista de livros que recomendo muito a leitura, onde ele explica que essa limpeza durante o sono não só nos proporciona melhora cognitiva geral, aumento de memória, melhor raciocínio lógico e mais estabilidade emocional, como também previne o aparecimento de doenças degenerativas, como Alzheimers e demência.

A qualidade do sono tem sido fortemente afetada pela era digital. Em um mundo cada vez mais inundado de blue light, a artificial luz azul, somos sobrecarregados de exposição a essa forma de radiação que afeta nossas vidas de maneira discreta, porém bastante importante. Atenção para um dos grandes vilões da qualidade de vida dos dependentes unânimes do mundo virtual, que passamos grande parte dos nossos dias olhando para uma tela. Já foi comprovado que a luz azul diminui a produção natural de melatonina no organismo, já que ela imita um ciclo de iluminação diferente e faz nosso cérebro entender que ainda é dia.

O sono é tão precioso e uma parte mais que estratégica no planejamento da nossa saúde física e mental, imunidade, e performance. Convido vocês a prestarem atenção em como estão cuidando disso. Outro ponto importante é notarmos se estamos entre os muitos adeptos a remédios para dormir, um traço cultural dos tempos modernos, onde um quick-fix, ou solução rápida e fácil, parece, a princípio, milagrosa. Na saúde não existe solução rápida, mas sim mudança consistente de hábitos, construção de uma rotina e um lifestyle baseado em wellness, onde comer bem, dormir bem e viver bem são uma realidade concreta e também um verdadeiro prazer de viver cada dia melhor.

Meu convite a vocês é aproveitar a mudança de hábitos com a pandemia e começar a regular o relógio biológico para essa construção mais inteligente. Jantar bem cedo, um verdadeiro luxo que estamos reaprendendo a apreciar, com os restaurantes fechando em horários mais restringidos e com tantos de nós fazendo home office. Que tal seguirmos esse que já é um estilo bem internacional de organizar o dia?

Que tal evitar eletrônicos depois de um determinado horário, idealmente 18h ou 19h, ou usar um óculos de proteção contra a luz azul? Outra mudança de hábito simples, mas muito impactante, é dormir com a persiana do quarto aberta, e receber os raios de luz da manhã. Que tal começar o dia com o grande espetáculo do raiar do dia como um estímulo para acordar cedo no horário que nosso corpo melhor recebe o despertar e fazendo seu dia prazerosamente mais produtivo e agradável?

Acordando mais cedo, naturalmente teremos uma tendência a dormir mais cedo. Se você toma remédios para dormir, que tal buscar alternativas naturais e, principalmente, visitar especialistas, que podem analisar e fazer um planejamento para tirar essa dependência. O Instituto do Sono é uma excelente alternativa para aqueles que dormem muito mal ou só com remédios.

Fazer da hora de dormir um ritual agradável e uma rotina para sinalizar o seu corpo que chegou a hora de desacelerar é uma das maneiras mais eficientes de construir essa mudança. Duas alternativas naturais que têm apresentado resultados maravilhosos são a melatonina e o CBD, que, assim como chás relaxantes e óleos essenciais, não apresentam contra-indicações e trazem uma lista de outros benefícios.

Meu convite é para você revisitar a qualidade do seu sono e buscar construir algo organizado para aproveitar ao máximo esse presente da natureza que recebemos através de restauração pelo sono profundo. Sabendo do valor e importância do sono, passamos a levar muito mais a sério esse momento que pode ser uma das horas mais agradáveis do seu dia, a hora de desacelerar e recuperar nosso corpo para mais um dia com saúde e entusiasmo. Além de se sentir melhor, você tem grandes chances de melhorar sua performance e construir uma saúde sólida para décadas à frente, preparando um futuro de bem-estar e juventude prolongados.

Carolina Andraus é formada pela FGV, ex-mercado financeiro, empreendedora, desenvolveu e vendeu diversas empresas no mercado imobiliário. Globetrotter e cidadã do mundo, já morou em Londres, Paris, Nova Iorque, Boston, Istambul e Frankfurt. Recentemente voltou a estudar na Harvard Business School e passou a escrever sobre mulheres inspiradoras, comportamento, e viagens.