Foto: Arquivo Harper's Bazaar
Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Plantas dentro de casa são um refúgio para os olhos e para o coração. Além disso, casam superbem com uma decoração tradicional ou moderna. Quartos, salas e até os banheiros podem receber estes pequenos reservatórios de boas energias e, através do Feng Shui, ajudam a trazer serenidade e alegria a um ambiente.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

De acordo com os ensinamentos dessa tradição, um dos motivos para a insônia, por exemplo, pode estar na organização da casa – mais especificamente do quarto.

Para o Feng Shui, certas posições dos móveis – ou até mesmo a ausência de alguns deles – podem fazer com que as energias não circulem adequadamente ou que a pessoa se sinta menos protegida. Uma das dicas mais comuns é não deixar – de forma alguma – a cama logo de frente para a porta, lugar em que se incide toda a energia da casa, assim como também não é aconselhável deixar a cama embaixo de uma janela.

Foto: Arquivo Harper's Bazaar
Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

No caso das plantas, uma das dicas é mudá-las de lugar, regar e retirar as folhas mortas. Se a pessoa fica mais tempo em casa, pode arriscar cultivar plantas que precisam de mais atenção, como a azaleia anã, samambaias, violetas, begônias, palmeiras-leque, lírios-da-paz e pacovás – uma das mais vendidas nas floriculturas de Campinas, por exemplo.

Também não adianta sair distribuindo flores a torto e a direito pela casa: cada planta tem sua particularidade e precisa de cuidados específicos. Assim, para salas e quartos, o ideal são folhagens também resistentes, como os paus d’água, palmeiras chamaedoreas, lanças de São Jorge, e copos de leite, enquanto banheiros e lavabos topam melhor plantas úmidas, como jiboias, crisântemos, orquídeas e samambaias havaianas.

Foto: Arquivo Harper's Bazaar
Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Muita atenção também à iluminação de ambientes antes de colocar aquele vaso pertinho da luminária. Plantas, no geral, não são muito amantes de altas temperaturas e as lâmpadas podem acabar por “cozinhá-las”. Se sua casa é bastante quente e/ou tem uma iluminação potente, prefira as suculentas, bambus e os cactos, que dão muito charme. Se você está tentando readaptar a iluminação para não ferir suas plantinhas, opte por plafons, arandelas ou lustres.

Os vasos indicados para pessoas que desejam ter plantas em apartamento são os de barro cozido. Eles têm boa drenagem e aeração – ou seja, podem manter as plantas úmidas mesmo com longos períodos sem regar. De modo geral, folhagens e flores necessitam de dois tipos de “alimento”: a água e o sol. Portanto, regue-as com frequência e deixe-as em um local bem iluminado. Faça furinhos no fundo e nas laterais do vaso para que a planta não morra afogada.

Leia mais:
5 piscinas cobertas e espetaculares para nadar no inverno
Como usar bolsas elegantes na decoração da sua casa
Cerâmica de Claudia Issa extrapola o convencional