Príncipe Harry e Meghan Markle
Príncipe Harry e Meghan Markle

No início deste mês, o Palácio de Kensington anunciou que mais de 2.000 pessoas serão convidadas para o casamento real do Príncipe Harry e Meghan Markle. Isso significa que um dos eventos mais aguardados deste ano, que se realizará na Capela de São Jorge em 19 de maio, dará ao público um olhar de perto dos recém-casados ​​durante sua chegada e a saída da procissão de carruagem do Castelo de Windsor.

Palácio já confirmou que 100 crianças de escolas locais serão convidadas e outros 200 convidados serão formados por representantes das principais instituições de caridade que Harry ajuda, juntamente com 530 membros da Royal Household e Crown Estate, além de 600 pessoas da comunidade do Castelo de Windsor.

Isso deixa mais 1.200 convites ainda sem destino, que serão distribuídos ainda ao logo do mês. Mas como o processo de ser convidado funciona? Como seria de esperar, os convites não são fáceis de conseguir. Na verdade, a decisão é de lordes regionais, que atuam como representantes pessoais da rainha em cada município.

“Entramos em contato com os escritórios deles em todo o Reino Unido para pedir que indiquem indivíduos de dentro de sua comunidade que eles acham que mereceriam um convite”, explicou o Kensington Palace à Bazaar UK.

“Ao decidir quem nomear, é pedido que considerem uma ampla gama de origens e idades, incluindo jovens que mostraram uma liderança forte, e aqueles que serviram suas comunidades”

Embora receber um convite para o casamento da década possa ser um desafio, uma coisa é certa: “Este casamento, como todos os casamentos, será um momento de alegria e diversão que refletirá os personagens e valores da noiva e do noivo”, disse o palácio em uma declaração anterior.