Príncipe William e Kate Middleton. Foto: Divulgação/Kensington Royal
Príncipe William e Kate Middleton. Foto: Divulgação/Kensington Royal

A monarquia inglesa pode ser um símbolo de respeito e tradição para seu povo, mas algumas pessoas discordam desse posicionamento. A recém-eleita representante de Keisngton, Emma Dent Coad, fez duras críticas ao estilo de vida da família real e, em especial, a Kate Middleton e ao príncipe William.  “O duque e a duquesa de Cambridge são ridículos e deveriam ter seu financiamento público desfeito”, comenta Emma durante uma conferência no evento Reigning in the Monarchy, que aconteceu no último final de semana.

Emma Dent Coad. Foto: Reprodução/Twitter
Emma Dent Coad. Foto: Reprodução/Twitter

A representante da região em que o casal vive pertence ao partido trabalhista e não vê com bons olhos os gatos de Kate com roupas. A duquesa paga cerca de £150 (cerca de R$ 700) por um suéter e Emma acha que esse valor poderia ser direcionado para a população negligenciada. Atualmente a família real recebe um pagamento fixo do Tesouro Britânico, de 82,2 milhões de libras (cerca de R$ 250 milhões), que paga pelos salários dos funcionários, pelas viagens oficiais, manutenção dos palácios e etc. Porém os gastos pessoais são custeados por um fundo de investimento da própria rainha, chamado de  privy purse.