Busca Home Bazaar Brasil

Decoração: renove a sua casa com cores vibrantes

Inspire-se na cobertura da jornalista, curadora e art adviser Ana Carolina Ralston

by Felipe Stoffa
Ana Carolina Ralston usa vestido Viviane Furrier, colar Rosana Bernardes e joias de seu acervo pessoal - Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

Ana Carolina Ralston usa vestido Viviane Furrier, colar Rosana Bernardes e joias de seu acervo pessoal – Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

“Aproximar as pessoas da arte e da cultura.” Esse é o mote da mente criativa da jornalista, curadora e art adviser Ana Carolina Ralston, que se reflete na cobertura em que vive, na Vila Nova Conceição, em São Paulo. Há quatro anos, ela divide o duplex com o marido, Rodrigo Ohtake, designer e arquiteto.

Fechado havia tempo, o apartamento passou por uma reforma de seis meses, que ficou a cargo do próprio Rodrigo. Ao final, serviu como cenário perfeito para a cerimônia de casamento entre os dois.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Pintura de Tomie Ohtake, poltrona Vitis, de Rodrigo Ohtake, e gravura de Massuo Nakakubo - Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

Pintura de Tomie Ohtake, poltrona Vitis, de Rodrigo Ohtake, e gravura de Massuo Nakakubo – Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

Já o edifício tem 30 anos de história. Projetado pelo sogro, Ruy Ohtake, foi uma encomenda para homenagear a mãe artista plástica, Tomie Ohtake. A fachada do edifício guarda uma imensa empena desenhada por ela. “Costumo dizer que a gente tem aqui reunidas as três gerações ohtakianas”, brinca Carol.

Nota-se que tudo ali respira arte e design. “Gostamos de cores vibrantes, acho que trazem luz, vida, deixam a casa mais alegre. Então, a gente não tem problema em misturar cor e textura.”

No  móvel "Fita", de Rodrigo Ohtake, ela veste blusa e calça Mayara Sansana e botas Paula Torres by Carol Bassi, com obra de OSGÊMEOS ao fundo - Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

No móvel “Fita”, de Rodrigo Ohtake, ela veste blusa e calça Mayara Sansana e botas Paula Torres by Carol Bassi, com obra de OSGÊMEOS ao fundo – Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

Tudo foi pensado a partir do móvel Fita, um híbrido de mesa e sofá de madeira desenhado pelo marido, que divide a sala logo na entrada. “Quisemos fazer uma coisa lúdica, mas bem orgânica”, afirma a jornalista de 35 anos, que participou ativamente da decoração. O primeiro andar abriga a sala, cozinha, o quarto do casal e uma biblioteca – seu local preferido -, onde mantém publicações de literatura e livros-obras de artistas.

É no segundo andar que os dois passam mais tempo. Lá fica o escritório do casal, uma biblioteca com livros de arte, design e arquitetura. O ambiente inteiro serve tanto para reuniões como para encontros entre amigos. É ali que aparece a mais recente comprinha: uma luminária desenhada por Frank Gehry com formato de espuma.

Escultura de Armarinhos Teixeira, bolsa Elena Ghisellini, cobogó Irmãos Campana e vaso Decarvalho Atelier - Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

Escultura de Armarinhos Teixeira, bolsa Elena Ghisellini, cobogó Irmãos Campana e vaso Decarvalho Atelier – Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

Ao lado da escada, o imenso tapete roxo felpudo é o espaço predileto da dachshund Viga, que traz mais vida ainda à cobertura. No fundo, a fachada envidraçada se abre para um piso azul que dá na piscina de ladrilhos amarelos.

Cadeira Bu, de Rodrigo Ohtake, com lenço comprado no Irã, obra de Guerrilla Girls e artefato indígena brasileiro. - Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

Cadeira Bu, de Rodrigo Ohtake, com lenço comprado no Irã, obra de Guerrilla Girls e artefato indígena brasileiro. – Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

A parede da área externa foi pintada de rosa. “Foi um pouco sem querer, a piscina já tinha essa cor, só que a parede era pastel. Ficou uma coisa meio Luis Barragán“, compara, em referência ao arquiteto mexicano conhecido pelas muitas cores de seus projetos.

Carol veste blusa de seu acervo pessoal, colete Issey Miyake, calça Carol Bassi e sapatos de seu acervo - Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

Carol veste blusa de seu acervo pessoal, colete Issey Miyake, calça Carol Bassi e sapatos de seu acervo – Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

Junte tudo isso a uma pequena horta de temperos, como hortelã e alecrim, que Carol usa nas bebidas de suas festinhas. “Para receber em casa, precisamos saber preparar drinks!” Do outro lado, limoeiro, pitanga, romã, jabuticaba – herança da infância na fazenda da mãe, em Barretos (SP). “Se elas crescerem demais, a gente leva para algum parque. Mas é uma questão de trazer sossego para dentro, planta faz a gente se conectar consigo mesmo”, diz. “Ainda quero trazer mais, é uma luta entre mim e o Rodrigo. Ele é mais da estrutura, da arquitetura”, ri.

Mesa com livros-obra de artistas com sapatos Paula Torres by Silvia Braz - Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

Mesa com livros-obra de artistas com sapatos Paula Torres by Silvia Braz – Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

As memórias de infância ainda dão espaço para alguns móveis rústicos que vieram da fazenda e convivem com peças de Zanini de Zanine, Bruno Simões, para citar alguns. Parte da paixão pelos designers latino-americanos. “Nós dois saímos bastante, fazemos reunião fora. Quando voltamos, trabalhamos em um ambiente aberto, você vê o dia começando e acabando”, diz.

Sala com luminária Frank Gehry, banco de concreto Leo Capote e banco de madeira Alvar Aalto - Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

Sala com luminária Frank Gehry, banco de concreto Leo Capote e banco de madeira Alvar Aalto – Foto: Christian Maldonado, com edição de moda Rodrigo Yaegashi

Sua rotina mudou recentemente, quando decidiu largar o ritmo de redação de revista para se lançar em uma empreitada solo. Criou o site que leva seu nome, em que publica matérias sobre arte, design, literatura, gastronomia e lifestyle. Dicas que ela tem de sobra para dividir com seus leitores. “Tento usar as redes sociais de modo a buscar esse leitor, e fazer com que ele se aprofunde naquilo que gosta.”