Doris Sochaczewski - Foto: Vinícius Postiglione
Doris Sochaczewski – Foto: Vinícius Postiglione

O estalo de que era hora de mudar seu estilo de via aconteceu no meio de uma palestra de cabala com o rabino Schmuel Lemle, em setembro de 2013. “Tive a sensação de que ele falava comigo. Cheguei em casa decidida a mudar de vida. No dia seguinte, marquei passagem para a Itália e fui à procura de uma propriedade”, conta Doris Sochaczeswki.

A empresária, que comandava em São Paulo a loja Coisas da Doris e trabalhava 14 horas por dia, sete dias por semana, vendeu apartamento, carro, objetos pessoais e partiu, com cinco malas, para escrever um novo capítulo de sua vida na cidade de Todi, de 16 mil habitantes, na região da Umbria.

“Mudar de país, de língua, de cultura e deixar para trás seu passado, família e tudo mais foi um renascimento para mim. Estava morrendo em São Paulo, perdi a essência da vida, o propósito, e não queria mais viver daquele modo. Deixei o conforto e arrisquei o novo”, relembra ela, que embarcou na aventura com o então marido.

A residência de campo comprada pelo casal e se transformou numa charmosa locanda, que tinha duas suítes para receber hóspedes no estilo bed & breakfast. Depois da separação, Doris mudou o esquema e passou a alugar a casa toda por temporada.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Vista da cidade de Todi, na Itália - Foto: Divulgação
Vista da cidade de Todi, na Itália – Foto: Divulgação

Aproveita a deixa para viajar pela Itália com o cachorro, Tartufo, como aconteceu neste verão europeu. Ela conta que, em Todi, teve de assumir 100% o controle de sua vida, fazer novos amigos, criar novos hábitos e entrar no ritmo do campo. “Lavo, passo de vez em quando, cozinho, limpo, conserto, mas amo isso. Enquanto limpo os vidros, penso assim: ‘Estou economizando em academia’ (risos).”

E faz coisas que jamais imaginaria, como pegar na enxada para cuidar do jardim, matar escorpiões e se adaptar à presença de cobras. A empresária é também produtora executiva e, recentemente, organizou uma sessão de fotos para um catálogo de moda brasileira em sua região.

Doris não para em sua rotina pacata e até arrumou um novo hobby: colhe as azeitonas da propriedade para produzir o próprio azeite com a ajuda de Romeu, seu jardineiro fiel. Também descobriu que o pequeno trator que usa para cuidar do jardim serve como equipamento digno de estúdio de pilates – as fotos que ela compartilha no Instagram @locandadidoris são ótimas!

“Estou vivendo minha segunda vida dentro da minha vida. Quero continuar desfrutando das coisas lindas da Itália, da cultura, da arte, dos bons vinhos e da natureza maravilhosa. É uma oportunidade que dei a mim mesma, por livre arbítrio, e estou amando a minha escolha.”

Leia mais:
Os cincos desfiles mais irreverentes de Jeremy Scott
Seis hotéis de luxo que são perfeitos para crianças
Sete dicas de Bruna Cardoso para conhecer em Mykonos