Foto: Pixabay

Vocês já devem ter ouvido falar sobre a Grande Conjunção que acontecerá agora dia 21 de dezembro, o fenômeno do século. Assunto tão comentado entre astrólogos e místicos. Muito tem se falado sobre ela, pois de fato é rara e notável. É importante para o público leigo, que não estuda astrologia nem cabala, entender a importância do conhecimento astrológico pois ele é uma ferramenta para todos.

A astrologia é precisa, uma ciência exata. Segundo a cabala, quando falamos de previsões, não se trata de prever o que vai acontecer, mas, sim, que tipo de energia virá. O que será feito com essa energia depende do livre arbítrio de cada um.

Mas analisando as tendências já podemos ter uma boa idéia. Por exemplo, meus mestres, astrólogos cabalistas, já diziam há muito tempo sobre a transformação que ocorreria em 2020. Uma mostra está no vídeo sobre as previsões de 2020 que gravei no começo do ano. Quem quiser pode assistir ao vídeo no meu perfil do Instagram @dika_astral. Fica claro que todas as informações sobre o que ocorreria já estavam disponíveis para aqueles que sabiam interpretá-las.

Todas as previsões que fiz, baseada no estudo com meus mestres e professores, foram dadas antes da pandemia tomar conta do mundo, e mesmo assim todo o impacto dela já havíamos previsto. Este é o poder da astrologia cabalística. E não será diferente agora. Já é possível ver para onde a humanidade está caminhando, e o que o cosmos, a inteligência do universo, está querendo nos dizer.

Saturno e Júpiter entram em conjunção a cada 20 anos. Mas a cada 200 anos, mais ou menos, ela troca o grupo de signos. Então, passando por todos os elementos (ar, água, fogo e terra) são quase 800 anos.

Esse 21 de dezembro de 2020 será exatamente quando termina esse ciclo, e começamos de novo, com o encontro de Júpiter e Saturno a zero grau em aquário, um signo de ar. Isso não acontece há 800 anos. O signo de ar representa o ilimitado, onde o impossível se torna possível. Essa será a energia de 2021. O encontro desses planetas gigantes a zero grau, representa o começo de uma nova era, algo totalmente novo, como se estivéssemos apertando o botão de reset na humanidade. É como se a Era de Aquário estivesse de uma vez por todas entrando em sua atividade máxima, agora.

A Era de Aquário é a era do conhecimento e do poder da consciência. Essa força trará mudanças nos âmbitos político, social e espiritual. Como a humanidade inteira estará sob sua influência, será possível ver cada vez mais o poder do pensamento, assim como os cabalistas dizem: o poder da mente sobre a matéria.

Stars & Planets, Diana Motta todos direitos reservados
Foto: Diana Motta, todos direitos reservados

Para aqueles que pensam negativo será bem difícil, mas para aqueles com um pensamento positivo e espiritual, essa energia se manifestará de forma incrível e inimaginável. Podemos esperar o comprometimento com causas, e questões que trazem uma mudança global. A ascensão das minorias, dos direitos do humanos e igualitários. Sistemas que funcionavam até hoje não funcionam mais, pois, na realidade, eles nunca funcionaram. O poder estará cada vez mais na mão do povo, a hierarquia não terá mais tanto significado, mas é preciso se educar para que as decisões tomadas beneficiem a todos, cuidado para não se tornar um rebelde sem causa.

Será preciso acessar a poderosa e inteligente versão da nossa alma para não entrarmos em uma anarquia. Para isso será essencial o entendimento do valor individual de cada um e a importância dessa singularidade num todo, para um bem comum. Como cada ser individualmente impacta no todo. Nessa nova era, a consciência será a nova riqueza.